Apple promete ser mais honesta com updates que podem prejudicar bateria de iPhones

A polêmica com as baterias de iPhones pode até ter gerado uma resposta satisfatória por parte da Apple, mas não tem jeito: o escândalo produziu uma mancha na história da empresa que nem todos os programas de troca ou descontos conseguirão reparar. Tim Cook e sua turma continuam tentando, entretanto.

As informações são da BBC: o Competition and Markets Authority (CMA), órgão governamental britânico responsável por fiscalizar o mercado e a livre concorrência no país, anunciou hoje que a Apple se comprometeu formalmente a ser mais “honesta” e mostrar mais transparência em futuras atualizações do iOS que possam potencialmente prejudicar a bateria de iPhones.

O que isso significa, na prática? Basicamente, updates futuros do iOS que “impactem o gerenciamento de performance” do aparelho (e, portanto, a duração da sua bateria) serão acompanhados de um claro aviso informando sobre essas mudanças. Esse aviso será incluído nas notas de lançamento da atualização, em um local onde possa ser visto por todos os usuários — mesmo os menos escolados nesse tipo de processo.

Embora o compromisso da Apple tenha sido feito especificamente no Reino Unido, é de se esperar que a mudança seja aplicada globalmente, visto que outros países já se manifestaram em relação à polêmica das baterias — e, de qualquer forma, seria muito estranho da parte da Maçã informar apenas aos ingleses que as baterias dos seus iPhones podem sofrer com uma atualização quando isso pode ser feito para o mundo todo.

Obviamente, a movimentação de Cupertino não é gratuita: o CMA já estava há um tempo pressionando a empresa por satisfações em relação ao escândalo das baterias, e a medida anunciada pela Maçã é parte de um documento extenso enviado ao órgão. O termo de compromisso nota ainda várias outras medidas tomadas pela Apple para mitigar o problema, como o programa de troca de baterias, o recurso de Saúde da Bateria e as informações colocadas nos seus websites.

Ainda não há uma previsão sobre quando a mudança anunciada pela Apple há de tomar efeito; se a empresa não cumprir o prometido, entretanto, poderá sofrer ações legais por parte da CMA — e como a Maçã sabe que não é nada legal enfrentar órgãos de proteção à concorrência, é de se esperar que vejamos essa “honestidade” surgir muito em breve na atualização do iOS mais próxima de você.

via iDownloadBlog

Posts relacionados

Comentários