Apple descontinua o Bug Reporter e expande o Feedback Assistant para desenvolvedores

Com o lançamento das primeiras betas do iOS 13, do macOS 10.15, do iPadOS 13 e de seus outros sistemas operacionais, a Apple anunciou a migração da sua plataforma Bug Reporter para o app Feedback Assistant.

Anteriormente, a Apple utilizava o Feedback Assistant para coletar respostas e sugestões apenas de usuários de versões beta públicas do iOS e do macOS. Com os novos sistemas, no entanto, a companhia expandiu essa plataforma para desenvolvedores, também.

Ao tentar acessar a antiga URL do Bug Reporter, a Apple redireciona-o para a página do Feedback Assistant. Nela, a Maçã explica a mudança para os desenvolvedores e agradece por suas contribuições na antiga plataforma.

O app Feedback Assistant é instalado automaticamente em versões beta do iOS, do iPadOS e do macOS, e coleta, como supracitado, diagnósticos sobre a performance e as falhas desses sistemas. Os desenvolvedores que estão testando os novos softwares podem, ainda, enviar relatórios de erros por meio da página do Feedback Assistant na web.

No Mac, o Feedback Assistant pode ser encontrado em /System/Library/CoreServices/Applications, embora seja possível acessá-lo mais facilmente pelo Dock, pelo Spotlight ou por meio do esquema de URL applefeedback://, como destacado pelo AppleInsider.

Ainda que o Bug Reporter tenha sido descontinuado, é possível visualizar relatórios completos (com o texto original e arquivos anexados) mais antigos no Feedback Assistant a partir do código do registro do erro (Problem ID), que sincroniza todos os comentários já enviados para a Apple e a resposta da empresa.

Novidades do TestFlight

A plataforma de testes de aplicativos TestFlight também recebeu algumas novidades. Entre elas, a nova versão do Xcode 11 habilitará automaticamente as opções de feedback em versões beta de apps, como informou o TechCrunch.

Agora, quando um usuário capturar a tela do app que está testando pelo TestFlight, ele terá uma nova opção para compartilhá-lo como feedback e, opcionalmente, adicionar os seus comentários. A ideia é fazer com que mais usuários ofereçam feedbacks sobre os novos apps, tornando a sua experiência mais integrada (e ainda mais simples) do que antes.

Além disso, se o usuário optar por compartilhar um erro, os desenvolvedores de aplicativos receberão dados (métricas) anônimos da duração da bateria, tempo de início do app e possíveis vazamentos de memória. A compilação desses dados será exibida com outras métricas, como uso de energia e falhas, e deve oferecer aos desenvolvedores uma outra maneira de monitorar e melhorar o desempenho de seus aplicativos.

A Apple informou que, na verdade, começou a agregar essas métricas com o lançamento do iOS 12.2, em março passado (logo, muitos aplicativos já terão esses dados disponíveis).

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários