Sidecar em detalhes: como será o compartilhamento de tela do macOS Catalina em iPads [atualizado]

Uma das novidades mais legais do macOS Catalina 10.15 responde por Sidecar, um novo recurso o qual permite que o usuário utilize um iPad como segunda tela do Mac sem qualquer tipo de app ou acessório extra — ou, ainda, que donos de iPads com suporte ao Apple Pencil usem a dupla como uma mesa digitalizadora instantânea para o computador.

Neste artigo, falaremos um pouco mais sobre a ferramenta, destrinchando seu funcionamento, compartilhando alguns detalhes úteis e listando quais dispositivos e apps são compatíveis. Vamos lá?

Como funciona

Quando utilizado no modo sem fio, o Sidecar usa os mesmos protocolos utilizados pelo AirDrop, com a exceção do Bluetooth. Ou seja, para utilizar o recurso é necessário que ambos os dispositivos (Mac e iPad) estejam com o Wi-Fi ligado, mas não necessariamente que eles estejam conectados a uma rede — isso porque a comunicação entre os dispositivos é realizada por meio de uma rede particular criada por eles, e não pela sua conexão doméstica. É bom notar que o Sidecar sem fio funciona numa distância de até 10 metros entre o computador e o tablet.

Como divulgado, você também pode usar o Sidecar numa conexão cabeada — o que é especialmente simples caso você tenha um MacBook [Pro, Air] recente e um iPad Pro de última geração, já que basta pegar qualquer cabo USB-C que você tenha para usufruir do recurso. Não se sabe se a conexão cabeada traz algum benefício em termos de estabilidade e latência — o que nós sabemos é que mesmo o Sidecar sem fio é extremamente fluido e responsivo, como veremos a seguir.

Como ativar

Pelas informações de jornalistas e desenvolvedores que já fuçaram as primeiras versões beta do macOS Catalina e do iPadOS 13, as configurações do Sidecar serão acessadas na mesma janela onde hoje ficam os ajustes do AirPlay, no Mac.

O desenvolvedor Roy Akash publicou no Twitter uma prévia de como a conexão pode ser facilmente ativada, uma vez configurada:

Ativação do Sidecar no macOS Catalina

Tudo muito simples, diretamente da barra de menus.

Formas de uso

A Apple lista três maneiras de aproveitar o Sidecar:

  • Extensão de tela: o iPad atua como um segundo monitor para o Mac, podendo abrir janelas diferentes daquelas que estão sendo exibidas no monitor principal.
  • Espelhamento de tela: o iPad mostra exatamente o que está acontecendo na tela principal do Mac — especialmente útil para quem quer mostrar um conteúdo para outras pessoas.
  • Mesa digitalizadora: o iPad atua… bem, como uma mesa digitalizadora. Esse modo só funciona com tablets que tenham suporte ao Apple Pencil (de primeira ou segunda geração) e pode ser usado tanto na extensão quanto no espelhamento da tela — mais à frente, falaremos mais sobre apps compatíveis.

A Maçã destacou ainda dois recursos específicos atrelados ao Sidecar: o Continuity Markup (escreva e rabisque em PDFs no iPad enquanto as mudanças vão aparecendo em tempo real no Mac) e o Continuity Sketch (faça rascunhos e rabiscos no iPad e imediatamente os insira em qualquer documento no Mac).

O Sidecar conta sempre com uma barra lateral a qual traz algumas das teclas mais utilizadas por usuários do Mac, como (Command), (Control), (Option) e (Shift); há também uma tecla que ativa um teclado virtual completo, claro. Ah, e uma boa notícia para donos de MacBooks Pro com Touch Bar: a barrinha também é exibida na tela do Sidecar, então você pode aproveitar o potencial da sua máquina ao máximo no iPad.

Recurso Sidecar do macOS Catalina com tela de MacBook Pro estendida em iPad Pro

Compatibilidade

Até o momento, a Apple não especificou se o Sidecar será limitado a modelos específicos de Macs e iPads; até segunda ordem, portanto, é de se imaginar que basta ter um computador rodando o macOS Catalina e um tablet rodando o iPadOS 13 (confira aqui a lista de compatibilidade) para usufruir do recurso. É salutar aguardar por mais informações, entretanto.

O que nós já sabemos é que, quando o Sidecar fizer sua estreia oficial no horário nobre, vários aplicativos do macOS já estarão devidamente atualizados para usufruir de benefícios extras do recurso — como apps de ilustração que tirarão proveito do detector de pressão e inclinação do Apple Pencil.

Os apps otimizados são os seguintes:

  • Adobe After Effects, Illustrator e Premiere Pro
  • Affinity Designer e Affinity Photo
  • Cinema 4D
  • CorelDRAW
  • DaVinci Resolve
  • Final Cut Pro e Motion
  • Maya
  • Painter
  • Principle
  • Sketch
  • Substance Designer e Substance Painter
  • ZBrush

Presumivelmente, essa lista se expandirá até setembro — nenhum desenvolvedor vai querer ficar de fora da festa, afinal de contas.

E a concorrência?

Talvez você já tenha percebido que o Sidecar, como a Apple já fez tantas outras vezes, ataca diretamente um segmento de apps e acessórios para Macs e iPads. A Astro HQ, por exemplo, desenvolve soluções semelhantes para o ecossistema da Maçã há anos, como o Astropad Studio e o Luna Display. Temos ainda aplicativos velhos de guerra no campo, como o Duet Display e o AirDisplay.

Inegavelmente, será difícil para esses produtos se manterem do jeito que estão hoje — é quase impossível, afinal, que eles se equiparem ao Sidecar em facilidade de uso e integração com os sistemas. Se as desenvolvedoras quiserem perseverar nesse mercado, terão de pensar em formas de diferenciar suas opções e torná-las ainda mais atraentes.

Até mesmo a linha de monitores interativos da Wacom, a Cintiq, pode ser ameaçada com a novidade — embora não tanto, já que parte do público desse produto usa o Windows e a fabricante é queridinha dos usuários avançados por seus recursos extras e profissionais.

O impacto do Sidecar, entretanto, só o tempo revelará. O que vocês acham?

Atualização 06/06/2019 às 11:30

Hoje, duas novas informações importantes surgiram sobre o Sidecar — uma boa e uma ruim, por assim dizer.

A notícia boa é que mesmo Macs sem Touch Bar terão uma versão virtual da barrinha no iPad. Sim: independentemente do Mac, o Sidecar “gerará” uma Touch Bar na tela do tablet da mesma forma que acontecerá com os MacBooks Pro mais caros. Com efeito, você pode usar o iPad apenas como uma forma de adicionar a barrinha ao seu Mac — basta ignorar o espelhamento ou extensão de tela acontecendo ali em cima.

Touch Bar no Sidecar do macOS Catalina

A notícia ruim é que, como esperado, o suporte ao recurso não será incluído em todos os Macs rodando o macOS Catalina. Fuçando as entranhas da ferramenta, o desenvolvedor Steve Thoughton-Smith detectou que — ao menos nessa primeira versão beta — o Sidecar será compatível com os seguintes Macs:

  • iMac de 27 polegadas (final de 2015 ou posterior)
  • iMac Pro
  • MacBook Pro (2016 ou posterior)
  • MacBook Air (2018)
  • MacBook de 12 polegadas (início de 2016 ou posterior)
  • Mac mini (2018)
  • Mac Pro (2019)

Sim, uma lista estranhamente pequena — causa particular estranheza o fato de o iMac de 27 polegadas ser incluído entre as máquinas suportadas, enquanto seu irmão de 21,5″ fica de fora, assim como a ausência do Mac Pro de 2013 (que, apesar de antigo, ainda é uma máquina muito poderosa). Segundo Troughton-Smith, entretanto, essa limitação pode ser “resolvida” com um pequeno comando no Terminal:

defaults write com.apple.sidecar.display allowAllDevices -bool YES

Executando esse comando, ao que parece, todos os Macs rodando o macOS Catalina passam a oferecer suporte ao Sidecar. De novo, tudo isso pode mudar nas próximas betas do sistema e em sua versão final — mas já temos aqui uma boa pista do que teremos pela frente.

via MacRumors

Posts relacionados

Comentários