iOS 13 permitirá integração direta da Siri com serviços de música, como o Spotify

Desde que a Apple abriu a API1 da Siri para desenvolvedores, uma falta vem sendo sentida profundamente pelos usuários e desenvolvedores do ecossistema da empresa: a possibilidade de integrar a assistente digital a plataformas musicais. Claro, você pode criar algumas gambiarras por meio dos Atalhos da Siri, mas até o iOS 12 não era possível controlar diretamente serviços de streaming, como o Spotify ou o Pandora, pela assistente. Agora, isso muda.

A partir do iOS 13, a Apple expandirá o SiriKit (a API de integração da assistente) para permitir justamente a conexão da ferramenta com serviços de música e podcast de terceiros. Com isso, você eventualmente poderá controlar a reprodução de seu app favorito somente com a voz — proferindo comandos como “toque Beatles no Spotify” ou “toque o último episódio do MacMagazine no Ar no Pocket Casts”.

Isso, claro, não depende só da Apple: os desenvolvedores por trás dos aplicativos em questão terão de atualizar os apps para abraçar o suporte. Falando especificamente do Spotify, considerando que as relações da Maçã com a empresa estão um pouco abaixo do ideal nos últimos meses, é de se pensar que os suecos talvez façam vista grossa à novidade — mas nada como uma pressãozinha nos fóruns do serviço para vocalizar o interesse pela integração à Siri.

Streaming no watchOS

Ainda falando sobre apps musicais, mas mudando de plataforma, uma mudança no watchOS 6 poderá permitir que usuários do Apple Watch transmitam áudio de serviços de terceiros diretamente para o reloginho — reduzindo ainda mais, assim, a dependência do Watch ao iPhone.

Spotify no Apple Watch

Explica-se: até o watchOS 5, apps como o Spotify para Apple Watch existem como uma extensão do aplicativo para iPhone — a transmissão do áudio é realizada pelo smartphone e enviada ao relógio. Caso você esteja usando o Watch separadamente (por conexão celular, por exemplo), não é possível ouvir músicas que não estejam baixadas nele, pois o sistema não permite a transmissão de áudio diretamente ao reloginho.

Com o watchOS 6, isso muda: novas APIs permitirão que áudio seja transmitido ao Apple Watch sem a intermediação do iPhone, aprofundando ainda mais a independência do relógio e permitindo que apps de músicas, podcasts e audiolivros adicionem a possibilidade de ouvir qualquer conteúdo a qualquer momento.

Da mesma forma que a Siri, naturalmente, é necessário que os desenvolvedores abracem a novidade — mas, por se tratar de uma melhoria tão aguardada, é provável que eles corram de braços abertos para ela o mais rápido possível.

via MacRumors

Posts relacionados

Comentários