Hacker renomado cria primeira VPN com firewall para iOS

Aplicativos que oferecem navegação VPN1 no iOS já existem aos montes — nós, inclusive, já tratamos do assunto aqui. Agora, um app que une VPN com um firewall próprio para proteger sua navegação no iPhone/iPad, não só no Safari, mas nas atividades gerais do dispositivo? Isso sim é uma novidade!

É exatamente essa a proposta do Guardian Firewall, um serviço desenvolvido pelo renomado hacker e pesquisador de segurança Will Strafach, também conhecido como @Chronic (que já pintou por aqui várias vezes detalhando brechas e vulnerabilidades do ecossistema Apple) e pelo Sudo Security Group. O app para iOS promete tornar sua navegação mais segura, mais anônima e fácil de usar, sem comprometer a bateria ou a velocidade da internet.

Ao navegar, o firewall filtrará automaticamente todos os seus dados pessoais, impedindo que sites e serviços lhe sigam pela internet e usem suas informações como ferramenta de direcionamento publicitário. Além de preservar sua navegação na web, o Guardian Firewall escaneia a App Store regularmente em busca de vulnerabilidades, problemas de privacidade e trackers invasivos, desabilitando a ação de agentes indesejados nos seus aplicativos.

Na aba “Alertas” do aplicativo, o usuário poderá checar todas as ocorrências em que algum tipo de dado foi bloqueado e qual site ou app estava tentando acessá-lo, e uma notificação avisará sempre que isso acontecer; as informações são todas atualizadas em tempo real e criptografadas no padrão AES-256, de forma que ninguém além de você poderá acessá-las. Além disso, por ter a navegação redirecionada para servidores externos, os criadores do app afirmaram que o Guardian melhorará a performance do seu dispositivo e não afetará a longevidade da bateria.

Toda essa proteção, claro, vem a um custo: assinando e ativando o Guardian Firewall, toda a sua navegação realizada no iPhone ou iPad passará pelos servidores do serviço — que é exatamente a parte do processo a qual garante a sua segurança e anonimidade. Os responsáveis pelo app garantem que todos os dados são descartados imediatamente e não há qualquer tipo de rastreamento dos usuários. Como afirma a política de privacidade do serviço:

Por toda a vida da nossa companhia, o Guardian Firewall adotará um modelo de negócios testado e aprovado: aceitar dinheiro por um produto que as pessoas julgam ser útil. Nada mais que isso. Nós nunca rastrearemos nossos usuários. Nós nunca coletaremos dados pessoais dos nossos usuários. Nós consideramos dados uma responsabilidade. Cada uma das nossas decisões técnicas de design é construída ao redor desse conceito.

Obviamente, ainda assim, o uso do serviço requer altas doses de confiança em relação aos seus criadores; nesse caso, vai da consciência de cada um pesquisar sobre a reputação dos desenvolvedores e pensar sobre o assunto. John Gruber (guru da Apple), pelo menos, tem recomendado fortemente o serviço.

O Guardian Firewall será disponibilizado em breve gratuitamente na App Store e custará US$10 mensais para ter seu serviço completo ativado; haverá ainda a opção — gratuita — de ativar apenas a VPN da plataforma, sem proteção de dados.

O que acham?

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários