Tim Cook mantém colocação (ruim) no ranking de CEOs da Glassdoor

Todos os anos, o site de empregos Glassdoor faz um levantamento entre seus próprios (e muitos) usuários para determinar quais são os CEOs mais benquistos entre os funcionários de cada empresa. Tim Cook é presença constante na lista, mas sua posição vinha caindo a cada ano: de um excelente 8º lugar em 2016, o executivo caiu para 53º em 2017 e afundou mais ainda para o 96º lugar no ano passado.

À época, comentamos que, se Cook continuasse nessa espiral descendente, logo ele deixaria de aparecer no ranking. Bom, não foi o caso: em 2019, ele manteve a 96ª colocação entre os CEOs mais bem avaliados pelos seus subordinados.

Mesmo com a colocação ruim, Cook foi aprovado por 91% dos funcionários da Apple — mesmo índice do ano passado. Em 2016, quando conquistou sua melhor posição na pesquisa, o CEO tinha um índice de aprovação de 96% (ou seja, uma queda de cinco pontos percentuais, o que não chega a ser um desastre). A média de aprovação de CEOs entre todas as empresas analisadas pela Glassdoor é de 67%.

Assim ficou o Top 10 da Glassdoor em 2019:

  1. Eric S. Yuan – Zoom Video Communications – 99% de aprovação
  2. Michael F. Mahoney – Boston Scientific – 99% de aprovação
  3. Daniel Springer – DocuSign – 99% de aprovação
  4. Lynsi Snyder – In-N-Out Burger – 99% de aprovação
  5. James Downing – St. Jude Children’s Research Hospital – 98% de aprovação
  6. Corey Schiller e Asher Raphael – Power Home Remodeling – 98% de aprovação
  7. Charles C. Butt – H E B – 98% de aprovação
  8. Jeff Weiner – LinkedIn – 97% de aprovação
  9. Colleen Wegman – Wegmans Food Markets – 97% de aprovação
  10. Marc Benioff – Salesforce – 97% de aprovação

Entre outros CEOs da área de tecnologia destacados no levantamento, temos Shantanu Narayen (da Adobe; 13º lugar; 96%), Mark Zuckerberg (do Facebook; 16º; 96%), Satya Nadella (da Microsoft; 20º; 96%), Sundar Pichai (do Google; 45º; 94%), Elon Musk (da SpaceX; 49º; 94%) e Dion Weisler (da HP; 70º; 92%).

via Apple World Today

Posts relacionados

Comentários

17 comments

  1. É por todos os empregados e não o público. No Glassdoor você pode avaliar as empresas em que já trabalhou, com uma nota geral e também por tópicos.

  2. Vocês estão procurando justificativa, mas a resposta pra isso é simples: ele não é Steve Jobs. Por isso está nessa posição.

    O cara que consegue atingir a marca de 1 trilhão não pode estar sendo menos que incrível.

  3. na verdade ele está bem mais pra baixo porque muita gente de peso (e talvez da infantaria também) saiu da Apple. o Conselho só não tira o Tim porque “respeita” a decisão de Steve e porque os números continuam bons mas o brilho da Apple sumiu (coincidentemente até a maçã dos MBP não brilha mais)

  4. O problema do Tim Cook é que faz o que sempre fe, cuidar dos números. Só tivemos atualizações de toda linha agora em 2019 porque o iPhone não trará mais grandes números, então estão tirando o aumento de todos os lados.

  5. Acho que os CEO da tecnologia andam em baixa pelo fato dos avanços e venhamos de concordar estarem bem abaixo do esperado em tudo, até meados de alguns anos todos esperavam um lançamento com euforia, hoje se tornou algo no estilo mais do mesmo.
    Eu mesmo já não reservo tempo pra acompanhar os lançamentos da maçã faz quatro anos sem achar algo de legal depois apenas olho que mudou e digo legal.

  6. James Downing o cara tirou uma empresa pequena de marca-passo para a glória sempre que estou nos Eua e tem alguma palestra dele costumo ir o cara tem muito potencial.
    Somos concorrentes nos Eua na área de saúde, porém fora do profissional ele ensina muito, até mesmo os concorrentes kkkk.

  7. Ainda bem que não sou só eu que acho este Cozinheiro muito fraco. Fico feliz. Tim é muito bom em logística, em arranjos produtivos. Um zero à esquerda em tecnologia, um pato fora d’água no Vale. Paizão, delicado, não sonha com os produtos, não é inspirador, um liderzinhos apagado mais preocupado com as minorias que com o futuro da empresa. Deitado em berço esplendido vai comandando seu bando de acomodados. Viva a nova Apple!

  8. Mark Zuckerberg é CEO “querido por todos”? Em que realidade alternativa isso é possível? Zuckerberg na 16º ao invés da 96ª colocação. Esse Glassdoor usou método DataFolha?

Deixe uma resposta