Confira (mais) um apanhado de novidades do iOS/iPadOS 13, incluindo seus novos menus contextuais [atualizado]

O iOS 13 é uma das atualizações mais significativas do sistema em algum tempo, se considerarmos a quantidade de novidades e recursos aqui incluídas. Já cobrimos muitas dessas novidades, maiores e menores, mas elas ainda não acabaram. Muito pelo contrário: com o lançamento da segunda versão de testes do sistema, já temos mais uma boa leva de coisas a tratar.

Vamos a elas, então! 😉

Novos menus contextuais

Até o iOS 12, no iPhone, ao tocar num elemento que exigia uma interação contextual, você abria uma nova janela ocupando toda a porção inferior da tela. Agora, isso muda.

As opções surgem num menu próximo ao elemento tocado, com uma aparência bem próxima aos menus do (moribundo?) 3D Touch.

Segundo o desenvolvedor Simeon Saëns, desenvolvedores podem implementar o novo menu de interação facilmente nos seus apps — o alvo do código (as opções do menu contextual), inclusive, pode ficar inalterado. Ficou bonito, não?

Alerta de assinatura

falamos aqui sobre o passo extra, implementado no iOS 12, para confirmação de assinaturas. Agora, elas têm mais uma novidade no iOS 13: o sistema avisará caso você esteja apagando um app com uma assinatura ativa.

Nunca tinha visto esse alerta antes — a Apple agora avisa se um app que você está apagando tem uma assinatura ativa. Boa mudança.

(Capturado no iOS 13 beta 2.)

O alerta diz que, mesmo apagando o app, a sua assinatura continuará ativa e poderá ser usada em outros dispositivos; a partir daí, o usuário tem duas opções: você pode escolher manter aquele app ou ir à sua página de gerenciamento de assinaturas para cancelar o serviço relacionado ao aplicativo.

Tela de assinaturas | Imagens: Michel Duarte Corrêa

Falando em assinaturas, aliás, a tela de gerenciamento delas está muito mais acessível na segunda beta do iOS 13: ela aparece entre as opções principais do seu ID Apple, na tela de Ajustes.

Sincronização de áudio da Apple TV

Quem tem uma Apple TV conectada a um sistema de áudio sem fio ou transmitindo pelo AirPlay pode, por vezes, sofrer com o temido atraso — o som sai com milésimos de segundos de diferença em relação ao vídeo por conta na diferença de tempo no processamento dos elementos, o que é extremamente frustrante.

A [versão] beta 2 do tvOS 13 inclui o Wireless Audio Sync, que corrige a latência do áudio em configurações sonoras e no AirPlay.

Pois o iOS 13 resolverá o problema: por meio de um novo recurso chamado Wireless Audio Sync, o iPhone ou iPad rodando o sistema “ouve” uma série de sons sendo reproduzidos na sua Apple TV por alguns instantes e, com isso, consegue compensar o atraso, tornando imagem e som perfeitamente sincronizados. Uma vez feito o processo, ele é permanente — até que você troque seu equipamento de áudio, claro.

Para iniciar o Wireless Audio Sync, você precisa estar rodando o tvOS 13 na Apple TV e acessar o recurso nas configurações do sistema; em seguida, uma notificação aparecerá em todos os seus dispositivos iOS (rodando o iOS 13) próximos. Você poderá realizar o processo em qualquer um deles.

Novo registro do HomePod

Até o iOS 12, o emparelhamento de um HomePod com um dispositivo iOS era feito por meio de áudio — o alto-falante emitia alguns sinais sonoros que eram ouvidos pelo iPhone/iPad para ligar os dois dispositivos. Agora, isso poderá mudar: códigos internos do iOS 13 mostram um novo processo visual, envolvendo os LEDs no topo do HomePod.

Parece que temos um novo modo de emparelhamento do HomePod no iOS 13 que, em vez de usar o tradicional código em áudio, usa um padrão de LEDs no topo do HomePod que é lido pela câmera do outro dispositivo.

O processo é um pouco menos conveniente que o anterior, pois exige que você esteja de fato junto ao HomePod para emparelhá-lo, mas continua sendo bem intuitivo. A Apple também lhe dá a opção de digitar o código de emparelhamento manualmente, aliás.

Novas opções para salvar página no Safari

Novidades do iOS 13 - Opções para salvar página
Opções para salvar página | Imagem: Michel Duarte Corrêa

A mais nova versão beta do iOS 13 traz uma série de opções para quem quer fazer o download de uma página no Safari: você pode salvá-la em PDF, no modo Reader PDF (ou seja, uma versão em PDF do modo “Visualização do Leitor” daquela página) ou como um arquivo da web. Também é possível escolher o modo “automático”, que determinará a melhor opção de acordo com cada página.

Nova tela de configuração de wallpaper

Novidades do iOS 13 - Plano de fundo (estático ou perspectiva)
Escolhendo um plano de fundo (estático ou perspectiva) | Imagem: Michel Duarte Corrêa

O antigo seletor pelo qual você escolhia se uma imagem seria exibida de forma estática ou em perspectiva foi substituído por um botão que alterna entre os dois modos — mais limpo visualmente, porém infinitamente menos intuitivo.

Novo ícone para a tela inicial

Novidades do iPadOS 13 - Novo ícone para a tela inicial
Novo ícone para a tela inicial | Imagem: Michel Duarte Corrêa

Para quem gosta de usar o iPad com um teclado e usa o atalho Tab frequentemente para trocar de janela, a Apple tem uma boa novidade: agora, o seletor de janelas do atalho tem um ícone específico para a tela inicial, para que você não precise tirar as mãos do teclado nem para voltar ao início.

Novidades no Atalhos

Na segunda versão beta do iOS 13, você pode usar o 3D Touch (ou simplesmente tocar e segurar) em um atalho para ter uma prévia das suas ações; é possível, também, renomear, duplicar ou apagar o atalho também dessa tela.

Novidades do iOS 13 - 3D Touch para atalhos
3D Touch para atalhos | Imagem: Michel Duarte Corrêa

O aplicativo, agora, também esconde seus recursos ligados a NFC1 caso o dispositivo em questão não tenha suporte ao escaneamento das tags (ou seja, todos os iPads e iPhones, com exceção dos modelos X, XS, XS Max e XR).

Além disso, você pode criar atalhos com o envio de áudio a outros dispositivos e incluir novos parâmetros, como a ativação do Modo Escuro, a exibição de todos os seus alarmes e a coleta da sua localização atual (para atalhos baseados em local).

Gestos no iPad

Nós já sabemos que o iPadOS 13 trará uma série de novos gestos exclusivos para os tablets da Maçã, como a possibilidade de usar dois dedos para selecionar texto ou itens de uma lista, além de tocar e arrastar elementos entre apps mais facilmente; com três dedos, será possível usar gestos para copiar, colar e recortar elementos, além de desfazer e refazer ações.

Os gestos podem ser um pouco confusos para quem está começando a usar o novo sistema mas, uma vez aprendidos, podem ser muito úteis para economizar o tempo do usuário.

O Cult of Mac fez um vídeo bem legal reunindo as novas ações e dando alguns exemplos práticos delas:

Corte da barra de status ao editar screenshots

A tela de edição de screenshots traz uma novidade útil na segunda beta do iOS 13: ao tocar na opção de recortar a imagem, o sistema já exibirá a janela de recorte automaticamente cortando a barra de status. Você pode, claro, arrastar a janela para que ela inclua novamente o elemento, mas o padrão é deixá-la de fora — o que é bem útil para quem quer despoluir ao máximo as próprias capturas.

Conexão a servidores remotos no app Arquivos

Novidades do iPadOS 13 - Nova opção para se conectar a servidores
Nova opção para se conectar a servidores

Com a novidade, é possível conectar-se a servidores por meio do protocolo SMB — eles aparecerão na seção “Compartilhado” da barra lateral do aplicativo, junto aos seus locais e pastas preferidos.

Acesso Pessoal automático

A Apple comentou isso na keynote de apresentação, mas é sempre bom ver como tudo funciona.

Novidades do macOS Catalina 10.15 - Acesso Pessoal automático
Acesso Pessoal automático | Imagem: Silvio Sousa Cabral

Se você estiver trabalhando no Mac/iPad com o seu iPhone do lado e, por acaso, a conexão Wi-Fi que você estiver usando cair, o sistema perguntará se você quer utilizar o Acesso Pessoal do iPhone para continuar conectado.

·   •   ·

E aí, curtiram as novidades?

Atualização 24/06/2019 às 10:00

Como nos informaram, o ícone do iPadOS 13 para a tela Inicial já existe no iOS 12.

Posts relacionados

Comentários