Tim Cook receberá prêmio por papel na luta dos direitos LGBTQ

Talvez você nunca tenha ouvido falar da GLSEN, mas ela luta por um objetivo extremamente nobre: a organização americana é dedicada a trabalhar pelo fim da discriminação, do assédio e do bullying direcionado a crianças e jovens da comunidade LGBTQ em escolas primárias e secundárias dos Estados Unidos, criando campanhas de conscientização para a livre expressão da identidade/expressão de gênero e da orientação sexual de todos.

Nesta semana, a organização anunciou que ninguém menos que Tim Cook será agraciado com o Champion Award, premiação máxima da edição de 2019 dos Respect Awards — uma cerimônia dedicada a homenagear figuras importantes para a luta pelos direitos LGBTQ e pela conscientização da sociedade perante as diferentes identidades de gênero e orientações sexuais.

A GLSEN justifica a escolha por Cook com seu “compromisso contínuo pela luta dos direitos LGBTQ e pela criação de espaços seguros para os membros da comunidade”. O executivo, por sua vez, compartilhou algumas palavras de gratidão sobre a escolha:

Eu sou grato à GLSEN pela honraria e por todo o trabalho que eles fazem para garantir que a comunidade LGBTQ seja tratada com dignidade e respeito. Na Apple, nosso compromisso com a inclusão nos ajuda a melhorar nosso trabalho todos os dias. A inovação depende da disposição em aceitar novas ideias, uma cultura de curiosidade e uma atmosfera livre de vergonha e estigma — e isso se aplica não só a Apple, mas a todo o mundo.

O Respect Awards 2019 será realizado em 25 de outubro, na cidade de Los Angeles — nós ficaremos atentos para o discurso de agradecimento de Cook, que certamente trará uma boa dose de mensagens edificantes.

Boa notícia para esse mês do Orgulho LGBTQ, não é verdade? 🌈

via MacRumors

Posts relacionados

Comentários