Como testar as versões beta públicas do iOS 13, do iPadOS 13, do macOS Catalina 10.15 e do tvOS 13

As primeiras versões beta publicas do iOS 13, do iPadOS 13, do macOS Catalina 10.15 e do tvOS 13 estão entre nós — inclusive antes do previsto. Até por isso, vale aqui uma ressalva para lá de importante.

Tais versões beta públicas são equivalentes às segundas versões de testes disponibilizadas para desenvolvedores. E, pelo menos no que diz respeito ao iOS/iPadOS 13, a Apple deixa claro quão “perigosas” elas são ao dar o seguinte aviso:

Observação importante para quem gosta de emoções: se você estiver interessado em viver no limite e experimentar os ótimos novos recursos do iOS 13, recomendamos fortemente aguardar as muitas correções de bugs e refinamentos que chegarão à beta pública no próximo mês.

O grande problema, como disse acima, é que essas versões são basicamente equivalentes, então aparentemente não houve muitas correções de bugs e refinamentos. Muitos estão inclusive questionando a Apple pela pressa em liberar essas versões públicas antes do prazo — seria muito mais prudente respeitar o prazo estabelecido e lançar versões beta publicas mais redondas/refinadas, quem sabe junto às terceiras versões de testes para desenvolvedores daqui a uma semana.

Para desenvolvedores, inclusive, a notícia não é lá muito boa: como milhares (ou até milhões) de pessoas passarão a utilizar um sistema operacional instável (e estabelecer isso como realidade), muitos desenvolvedores começarão a receber uma avalanche de críticas por ainda não terem seus aplicativos devidamente preparados e otimizados para os novos SOs.

Deu para entender o recado — ainda que a Apple não tenha dado —, não é mesmo? Você quer instalar? É um direito seu, mas todo cuidado é pouco. O desenvolvedor Guilherme Rambo, por exemplo, foi claro:

Apenas um lembrete de que a versão beta pública do iOS 13 lançada hoje é a mesma versão beta para desenvolvedor do iOS 13, que é bugada, especialmente com AirPods e coisas relacionadas ao AirPlay. NÃO instale.

Ainda assim você quer correr o risco? Então ao menos siga as recomendações abaixo.

Como se preparar para testar o iOS/iPadOS 13

A primeira coisa que você precisa fazer é ver se o seu iPhone/iPad é compatível com os futuros sistema operacionais — e você pode fazer isso nesse artigo.

É compatível? Se sim, então prossiga fazendo um backup. Muitos aplicativos e serviços podem devem não funcionar como esperado e os seus dados, a partir do momento que você usar o iOS/iPadOS 13, poderão não ser compatíveis com as versões anteriores do sistema. Então, certifique-se de fazer o backup do seu dispositivo iOS — a própria Apple recomenda fazer um backup local, utilizando o iTunes (se você estiver usando o macOS Mojave ou anterior).

Arquivando um backup pelo iTunes no macOS Mojave

Se estiver usando o macOS Catalina, o processo é o mesmo, porém pelo Finder já que o futuro sistema não contará com o iTunes.

Arquivando um backup pelo Finder no macOS Catalina

A empresa inclusive sugere que você arquive o backup para não correr o risco de escrever um novo backup por cima dele utilizando o iOS/iPadOS 13 e perder os dados compatíveis com o iOS 12.

Além de estar preparado para possíveis problemas com apps/serviços, saiba que a sua bateria muito provavelmente vai durar bem menos ao utilizar um SO em testes assim, devido a diversos fatores — um dos principais é que a Apple monitora diversos aspectos do sistema a fim de captar informações relevantes as quais podem ajudar no desenvolvimento dele, por exemplo.

Saiba, também, que alguns recursos do iOS/iPadOS 13 ainda não estão funcionando como deveriam nessa primeira versão pública de testes, e que você obrigatoriamente lidará com um aparelho que trava e reinicia sozinho por conta desses muitos problemas que envolvem uma versão beta.

Por fim, é preciso se inscrever no Apple Beta Software Program. Depois disso, visite a página beta.apple.com/profile no seu iPhone, iPad ou iPod touch para baixar o perfil de configuração; no dispositivo, vá em Ajustes » Geral » Atualização de Software para instalar a versão beta.

Pronto, boa dor de cabeça bom divertimento! Lembrando que, a partir desse momento, você passará a receber todas as atualizações de versões beta públicas que a Apple liberar (normalmente uma a cada duas semanas).

Como se preparar para testar o macOS Catalina

Ainda que sejam sistemas diferentes, as recomendações são as mesmas. Após se cadastrar no Apple Beta Software Program, veja se o seu Mac é compatível com o macOS Catalina.

Depois, faça um backup dos seus dados e arquivos antes de instalar a versão beta pública — o Time Machine pode ser um belo aliado; se você tiver dois ou mais Macs, a Apple recomenda a instalação em um sistema secundário.

Se você, como a maioria, tem apenas um Mac, sugiro instalar o macOS Catalina numa segunda partição — a própria Apple ensina como fazer isso se você tiver utilizando o Apple File System (APFS) ou outros formatos como Mac OS Expandido, MS-DOS (FAT) e ExFAT.

Instalando a versão beta pública do macOS Catalina

Nessa página, faça o download do macOS Public Beta Access Utility. Após isso, se você estiver usando o macOS Mojave, vá em Preferências do Sistema » Atualização de Software para fazer o upgrade.

Instalando a versão beta pública do macOS Catalina

Se estiver no macOS High Sierra ou anterior, abra a Mac App Store para fazer o download da versão pública do macOS Catalina.

Instalando a versão beta pública do macOS Catalina

Após o término do download da versão beta pública do macOS, o instalador é automaticamente iniciado para que você faça a instalação; se você pretende instalar numa segunda partição, preste atenção para escolher ela no momento oportuno. Caso contrário, a instalação será feita na sua partição principal, onde você está rodando o macOS Mojave, High Sierra ou anterior.

Instalando a versão beta pública do macOS Catalina

Lembrando que, a partir dessa instalação, você passará a receber todas as atualizações públicas do macOS até que o sistema operacional seja oficialmente lançado para o grande público, em setembro/outubro.

Como se preparar para testar o tvOS 13

O tvOS 13 é, sem dúvida, o mais simples de ser testado — e muito provavelmente o sistema operacional mais redondo, já que as mudanças são poucas. Aqui, não tem dúvida: se você tem uma Apple TV HD (de quarta geração) ou uma Apple TV 4K (de quinta geração), poderá rodar o tvOS 13.

Após estar devidamente cadastrado no Apple Beta Software Program, vá em Ajustes » Contas na sua Apple TV. Em “ID Apple”, assine pelo menos uma das opções de conta (iCloud, iTunes e App Store ou Game Center) com o mesmo ID Apple que você usou para se inscrever no Apple Beta Software Program.

Instalando a versão beta pública do tvOS 13

Agora vá em Ajustes » Sistema » Atualização de Software, ative as atualizações beta públicas e siga as instruções na tela para concluir o processo.

Instalando a versão beta pública do tvOS 13

Com o update devidamente realizado, a sua Apple TV então receberá automaticamente novas versões beta públicas (caso você tenha ativado a opção de atualizar automaticamente); caso contrário, você poderá verificar manualmente se há atualizações, indo em Ajustes » Sistema » Atualizações de Software » Atualizar Software.

Posts relacionados

Comentários