Apple contrata arquiteto destacado da ARM, reacendendo rumores de abandono dos chips Intel

De uns tempos para cá, os rumores sobre a transição da Apple para chips próprios com arquitetura ARM nos Macs deram uma esfriada — não por uma suposta desistência da Maçã, mas pelo simples fato de que nenhuma nova informação relevante tinha saído dos porões de Cupertino. Agora, as máquinas podem voltar a funcionar: uma contratação de peso sugere que os planos da Apple para abandonar a Intel estão, de fato, a todo vapor.

Como notou o MacRumors, a Apple contratou recentemente um talento notável da ARM: trata-se de Mike Filippo, que atuou na empresa britânica de microchips pelos últimos dez anos como líder da equipe de arquitetura de CPU e sistemas.

Antes da década na ARM, o profissional já tinha desempenhado um cargo similar na Intel entre 2004 e 2009; antes disso, ele trabalhou como projetista de chips na AMD entre 1996 e 2004. Ou seja, a Apple está trazendo para a sua seara um talento com 25 anos de experiência no desenvolvimento de chips ARM, o que é um bom sinal para os planos de transição da empresa — especialmente após a saída do diretor sênior de arquitetura de plataformas, Gerard Williams III, no início do ano.

Embora a página de Filippo no LinkedIn mostre seu cargo na ARM como corrente (junto à sua nova posição de arquiteto na Apple), a Bloomberg confirmou com a empresa britânica que o profissional deixou a companhia recentemente. A matéria sugere, também, que a chegada de Filippo a Cupertino pode, de fato, ajudar a acelerar os planos da Maçã em criar chips ARM para Macs.

Juntando a novidade às notícias do ano passado, de que a ARM promete superar os chips da Intel em performance num futuro próximo, os prospectos são muito positivos. Fica a torcida, apenas, para que a Apple faça a transição mais lenta, gradual e segura possível — o Projeto Catalyst é um sinal de que as coisas se darão com mais estabilidade que no último evento do tipo, mas teremos de aguardar para ver.

Posts relacionados

Comentários

Deixe uma resposta