Novo padrão DisplayPort 2 é apresentado, com suporte a displays 16K

A Video Electronics Standards Association (VESA) anunciou hoje o novo padrão DisplayPort 2.0, a primeira grande atualização do protocolo de vídeo desde a versão 1.4, lançada em 2016.

Quadro: velocidade dos protocolos DisplayPort

Entre as melhorias, o DisplayPort 2.0 oferece um aumento de 3x na velocidade de transferências dos dados em comparação à versão anterior. O maior avanço, talvez, seja o suporte a resoluções de vídeo ainda maiores, que vão além do 8K.

O DisplayPort 2.0 tem, especificamente, uma largura de banda máxima de 77Gbps, permitindo suporte a monitores com resolução de até 16K! Isso o torna, ainda, o primeiro padrão a suportar resoluções 8K a uma taxa de 60Hz com resolução 4:4:4 (colorida).

O novo padrão também é compatível com especificações de versões anteriores e inclui todos os principais recursos do DisplayPort 1.4, como suporte ao codec DSC1, além de transferência de dados HDR2 e FEC3.

Ainda que o novo padrão suporte velocidades maiores, ele poderá ser configurado normalmente a partir de entradas DisplayPort, USB-C ou Thunderbolt 3 existentes, que suportarão as seguintes especificações:

Exibição única

  • Um monitor de 16K (15360×8460 pixels) com proporção 4:4:4 a 60Hz e HDR (com DSC).
  • Um monitor de 10K (10240×4320 pixels) com proporção 4:4:4 a 60Hz (sem compressão).

Tela dupla

  • Dois monitores 8K (7680×4320 pixels) com proporção 4:4:4 a 120Hz e HDR (com DSC).
  • Dois monitores 4K (3840×2160 pixels) com proporção 4:4:4 a 144Hz (sem compactação).

Três exibições

  • Três monitores 10K (10240×4320 pixels) com proporção 4:4:4 a 60Hz e HDR (com DSC).
  • Três monitores 4K (3840×2160 pixels) com proporção 4:4:4 a 90Hz e HDR (sem compactação).

O DisplayPort 2.0 certamente será benéfico para o recém-anunciado monitor da Apple, o Pro Display XDR, e provavelmente será suportado em futuros Macs — mas não está claro quando a Maçã adotará o padrão. De acordo com a VESA, os primeiros produtos a suportar as novas especificações deverão chegar ao mercado em 2020.

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

2 comments

  1. Xiii, isso significa que é melhor aguardar a próxima geração do monitor e Mac Pro da maçã. O ideal mesmo seria ela adiar a disponibilidade do produto para atualizá-lo.

  2. Daqui uns 15 anos, será possível comprar um monitor 16K sem vender os rins, as córneas, a casa, etc…

Deixe uma resposta