Apple TV poderá cair para último lugar entre dispositivos de streaming em breve

Por muitos anos, a Apple TV foi publicamente classificada como um “hobby” dentro da Apple — isto é, um projeto que não dava muito dinheiro nem particular prestígio à Maçã, mas ainda assim era desenvolvido pela simples satisfação da empresa em fazê-lo e para expandir, ainda que lentamente, os domínios da iTunes Store.

Anos depois, a conversa é outra: a Apple TV é, hoje, um produto competitivo, com altas doses de marketing por parte da sua fabricante e uma vindoura plataforma de streaming própria que promete colocá-lo entre os grandes competidores do segmento. As ambições da Apple, entretanto, talvez precisem ser ajustadas.

Segundo uma pesquisa da Strategy Analytics, a Apple está na parte de baixo do mercado americano de dispositivos televisivos conectados — o que abrange todas as set-top boxes inteligentes, como a Apple TV, além de consoles que acessam plataformas de streaming ou mesmo sistemas de Smart TVs. Pior: na previsão da firma, a Maçã poderá cair para a lanterna do grupo até o fim do ano.

A Roku continua liderando o mercado com folga: a fabricante vem numa crescente vertiginosa desde o início das pesquisas da Strategy Analytics e não largou o primeiro lugar desde que o conquistou, no primeiro trimestre do ano passado. Atualmente, existem cerca de 41 milhões de plataformas Roku ativas no mundo, entre dispositivos físicos da companhia e TVs equipadas com o seu sistema; a empresa tem uma folga de 36% sobre a plataforma vice-líder, dos consoles PlayStation, da Sony, e poderá expandir essa vantagem para a casa dos 70% até o fim do ano.

Mercado de dispositivos televisivos conectados, Strategy Analytics

Seguindo o “ranking”, temos as Smart TVs com sistema Tizen, da Samsung, os consoles Xbox, da Microsoft, os Chromecasts e dispositivos Android TV do Google, os Amazon Fire TV e até mesmo os consoles da Nintendo. Só então chegamos à Apple, na parte de baixo do levantamento, colada com as TVs da LG rodando webOS.

Vale notar que os números referem-se somente aos Estados Unidos, mas, considerando que estamos falando do mercado principal da Apple e sua principal área de influência, é de se considerar que a empresa esteja vendo uma performance ainda pior em outras áreas importantes, como a Europa ou a China.

Interessante notar as previsões da Strategy Analytics para os próximos trimestres: segundo a firma, a Roku continuará crescendo com força, enquanto a Nintendo subirá ainda mais e o webOS terá um leve crescimento que o fará superar a Apple — colocando a Maçã, portanto, na lanterna do mercado de dispositivos televisivos conectados, com cerca de 12 milhões de Apple TVs ativas.

Ao divulgar essas previsões, a firma já leva em conta, naturalmente, a chegada próxima do Apple TV+ — ou seja, na visão da Strategy Analytics, a nova plataforma de streaming da Maçã não será de grande valia para expandir a influência da Apple TV no seu território. Mas isso, claro, só será comprovado com o tempo — vamos aguardar para ver.


Apple TV 4K

Apple TV 4K

de Apple

Preço à vista: a partir de R$ 1.169,10
Preço parcelado: em até 12x de R$ 108,25
Lançamento: setembro de 2017 (5ª geração)

Botão - Comprar agora

via Apple World Today

Posts relacionados

Comentários