Eddy Cue: Apple TV+ focará na qualidade, e não em quantidade de produções

Estamos nos aproximando do lançamento do Apple TV+, a plataforma de streaming de vídeo com conteúdos originais da Maçã que concorrerá com algumas gigantes do mercado, como a Netflix. Apesar disso, a Apple não deverá apostar em inúmeras produções para ganhar expressividade nesse terreno, de acordo com seu vice-presidente sênior de softwares e serviços, Eddy Cue.

O executivo participou de uma entrevista com o The Times1, na qual ele conversou um pouco sobre as expectativas para o Apple TV+, incluindo o modelo de produção que a Maçã adotará. Segundo Cue, a companhia “não criará o maior número de conteúdos originais para os usuários, mas sim os melhores”.

Segundo o executivo, não há nada de errado com o modelo seguido pela Netflix (de alta quantidade de produções), defendendo apenas que esse não é o estilo da Apple. Ainda assim, após o lançamento da plataforma, a Maçã planeja lançar novos títulos mensalmente, de acordo com o executivo; o primeiro deles provavelmente será “The Morning Show”, estrelado por Jennifer Aniston e Reese Witherspoon.

Ele observou que a Apple nem sempre foi uma das maiores fabricantes de hardwares, e que isso aconteceu anos após o lançamento dos primeiros grandes produtos. Dessa maneira, embora a Apple “não saiba muito sobre televisão”, o executivo afirmou que ela “encontra as melhores pessoas que fazem isso”.

Cue discutiu, ainda, outros serviços da Maçã, como o Apple Music e o Apple News+, declarando que o objetivo da companhia com a sua plataforma de revistas e jornais é atrair ainda mais o público jovem.

Sobre o serviço de streaming de músicas, o executivo celebrou recentemente a marca de 60 milhões de assinantes pagos. Cue disse também que o Apple Music nasceu do “verdadeiro amor pela música” e tem sido uma grande parte do DNA da Maçã.

“Mythic Quest: Raven’s Banquet”

Por falar em produções, o ator americano Rob McElhenney, conhecido pelo seu papel em “It’s Always Sunny in Philadelphia”, compartilhou recentemente alguns detalhes sobre a série “Mythic Quest: Raven’s Banquet”, uma das novidades do Apple TV+. As informações são do TechCrunch.

O seriado conta a história de uma equipe de desenvolvedores de jogos que trabalham em um título de RPG2 chamado Raven’s Banquet. No trailer acima, McElhenney assume o papel de Ian Grimm, chefe da Mythic Quest — que, em vez de divulgar o novo game da empresa, acaba falando mais de si.

O título inclui, ainda, a participação dos atores Fahrid Murray Abraham, Imani Hakim, David Hornsby, Danny Pudi, Ashly Burch, Charlotte Nicdao e Jessie Ennis. Ainda não há informações sobre a data de lançamento da produção.

Bad Robot

Em uma nota relacionada, a Apple perdeu a oportunidade de aproximar (ainda mais) os laços com o diretor e produtor de cinema J.J. Abrams após o grupo WarnerMedia arrematar a parceria com o estúdio Bad Robot, de Abrams, por US$500 milhões — informou o The Hollywood Reporter.

J.J. Abrams

Com isso, a Bad Robot passará a criar e produzir novos projetos para a WarnerMedia, incluindo filmes, séries e conteúdos para plataformas digitais. Além da Apple, a Netflix e a Amazon também estavam na disputa pela parceria.

Como comentamos, Abrams é atualmente produtor da série original da Apple “Lisey’s Story”, que estrelará a vencedora do Oscar Julianne Moore.

via The Verge, Cult of Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários