3D Touch no iPhone XR

Já estamos na segunda metade do ano, o que significa que os rumores acerca dos próximos lançamentos da Apple, como o iPhone, tendem a aumentar significativamente.

Ainda que algumas das possíveis características do próximo smartphone da Maçã já tenham sido comentadas, certos rumores apontam que a gigante de Cupertino pode estar guardando ainda mais novidades sob a manga, como veremos a seguir.

Fim do 3D Touch

Como dissemos, algumas das prováveis mudanças na próspera linha de iPhones não são exatamente novas. Entre elas, desde o ano passado a possibilidade de que a Apple abandonará o 3D Touch nos próximos aparelhos vem circulando a web, ganhando ainda mais destaque após o lançamento das primeiras versões beta do iOS 13, o qual reduziu a aplicabilidade dessa tecnologia.

Agora, o DigiTimes colocou ainda mais lenha nessa fogueira ao divulgar que a mudança poderá afetar as próprias fornecedoras da Apple, uma vez que os módulos do Taptic Engine (que dá vida ao 3D Touch) serão simplificados (ou eliminados), fazendo com que essas empresas lucrem menos com esses componentes.

Essas fornecedoras (como a TPK e a GIS), no entanto, parecem estar satisfeitas com as projeções de vendas para os próximos meses, considerando que os pedidos de sensores de toque para os novos iPads e MacBooks (além de iPhones com 3D Touch que ainda estão em fabricação) não deverão diminuir este ano.

O DigiTimes também indicou que a Apple está considerando incluir a fornecedora chinesa BOE à sua lista de parceiros, apesar da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. Nesse caso, a motivação da Maçã seria evitar as recentes restrições japonesas às exportações para a Coreia, o que poderia colocar em risco a produção de displays OLED1 (da Samsung). Por ora, ambas as empresas não confirmaram a parceria.

iPhones em 2020: modelos com 5G e câmera 3D

Diferentemente do ano passado, quando a Apple apresentou três novos modelos de iPhones (dois deles relacionados), a empresa poderá lançar quatro novas versões do seu gadget carro-chefe no próximo ano, segundo analistas da JP Morgan. As informações são da CNBC.

Entre os novos aparelhos, é esperado que pelo menos três modelos possuam displays OLED: um de 5,4″, outro de 6,1″ e, por fim, um de 6,7″. Os analistas também preveem que esses iPhones já contarão com a tecnologia 5G em 2020, o que também já foi sugerido por Ming-Chi Kuo no mês passado — exceto pelo modelo de 6,1″, que para Kuo contará somente com conectividade 4G (LTE).

Não surpreendentemente, os novos modelos também deverão incluir uma tecnologia avançada de sensor 3D nas câmeras traseiras, algo que já havia sido comentado pela Bloomberg no começo deste ano.

Quanto ao quarto possível modelo do iPhone esperado para 2020, a firma prevê que a Apple poderá correr atrás dos clientes que preferiam quando os iPhones tinham telas de 4,7″ e lançar um aparelho atualizado do mesmo tamanho do iPhone 8, porém sem as tecnologias supracitadas, como 5G e a câmera 3D, além de contar com um display de LCD2.

Previsão de vendas para o “iPhone 11”

É da natureza de um rumor ser incerto, mas quando essas informações tratam de determinados assuntos, elas podem fazer um estrago bem real. Foi isso o que aconteceu quando a firma de análise Rosenblatt Securities divulgou uma perspectiva pessimista sobre o possível desempenho da próxima linha de iPhones, afetando (brevemente) as ações da gigante de Cupertino.

Render do "iPhone XI"

A empresa rebaixou os papéis da Maçã da posição “neutro” para “venda” após sugerir que as vendas dos próximos iPhones serão “decepcionantes” e que o crescimento da receita de serviços da companhia deverá desacelerar.

De fato, os sentimentos sobre a próxima linha do gadget da Maçã estão bastante mistos, uma vez que o aparelho deverá contar com um novo sistema de câmera com três lentes, o que deixou alguns usuários preocupados com o design do dispositivo (que deverá se assemelhar ao dos iPhones XS/XS Max). Além disso, é possível que os novos iPhones ofereçam suporte para carregamento sem fio bilateral.

O tempo dirá.

via 9to5Mac: 1, 2, 3

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários