Apple poderá produzir podcasts originais para sua plataforma Batendo de frente — de novo — com o Spotify

O Podcasts é um aplicativo da Apple que existe sem fazer muito barulho: ele está lá, cumpre sua função com relativa destreza (embora sem muitos dos recursos de concorrentes mais avançados) e não gera dinheiro para a Maçã. Isso, entretanto, poderá mudar em breve.

De acordo com uma reportagem publicada hoje pela Bloomberg, a Apple tem planos de, assim como fez com a Apple TV, anabolizar a sua plataforma de podcasts — isto é, dar mais visibilidade e público a ela por meio de investimentos superiores e até mesmo a produção de conteúdo original.

Ainda não há mais informações sobre a estratégia que a Maçã adotaria nesse mercado ainda inexplorado para ela, mas a ideia aqui é justamente ir atrás do seu maior concorrente no segmento. O Spotify, afinal, está realizando investimentos significativos na área de podcasts, com programas originais de personalidades americanas e a aquisição de empresas da área. De fato, só a reportagem da Bloombergfez as ações do Spotify caírem em cerca de 2% — o que mostra que o mercado realmente vê potencial na chegada da Apple ao segmento.

Do lado da Apple, o foco renovado nos podcasts pode ser visto em novidades já concretizadas: o macOS está para ganhar um app dedicado aos programas, e a Maçã lançou no ano retrasado um aplicativo dedicado aos produtores de podcasts, onde as estatísticas das produções podem ser acompanhadas.

É improvável que a Apple cobre por uma suposta plataforma de podcasts originais: o mais provável é que o catálogo seja disponibilizado gratuitamente (ou, quem sabe, junto à assinatura do Apple Music) e tenha como função principal atrair mais clientes para o ecossistema de conteúdo digital da Maçã.

O resultado disso tudo, entretanto, só o tempo dirá. Aguardemos.

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários