Rumor: Apple Watch usará display de microLED em 2020 Apple poderá levar a tecnologia também para os iPhones, em 2022

Agora há pouco, comentamos que os iPhones de 2020 poderão contar com displays OLED1 mais responsivos. Diferentemente do iPhone, no entanto, o Apple Watch utiliza telas OLED desde a sua primeira versão, lançada em 2015 — e aparentemente está chegando a hora de isso mudar.

Uma nova publicação do Economic Daily News sugere que a Apple está em “negociações avançadas” com fabricantes de displays taiwanesas para introduzir displays de microLED em seus produtos já no próximo ano, a começar com o Apple Watch.

A notícia vem meses depois de representantes da Maçã serem vistos visitando algumas fábricas no país para conhecer melhor o desenvolvimento desse componente, o que já indicava o interesse da companhia por microLEDs. O uso desse tipo de display era esperado, inclusive, para ser introduzido com o Apple Watch Series 4, o que não foi bem o caso.

Displays de microLED utilizam emissores de luz diferentes daqueles presentes nas telas OLED dos modelos atuais do Apple Watch; sua adoção poderá tornar os futuros gadgets vestíveis da Maçã ainda mais finos, mais brilhantes e energicamente mais econômicos, sem contar que essa tecnologia é menos suscetível ao fenômeno de burn-in.

De acordo com uma das fornecedoras de displays microLED em Taiwan, a produção em massa dessas peças levaria cerca de nove meses, o que significa que o próximo Apple Watch, que deverá ser apresentado em um evento especial em setembro, continuará sendo equipado por telas OLED LTPO2.

No começo deste ano, a Bloomberg fez uma previsão semelhante quanto à adoção de displays microLED pela Apple, sugerindo ainda que o iPhone poderá ganhar a tecnologia dois anos depois da sua implementação no relógio — ou seja, em 2022.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários