Apple, Microsoft e outras gigantes investirão em novo fundo de inovação do SoftBank Serão mais de US$108 bilhões investidos em iniciativas tecnológicas

Logo da SoftBank na rua

O conglomerado japonês SoftBank é um dos mais dedicados no mundo ao incentivo à inovação tecnológica. Há cerca de três anos, o grupo anunciou o Vision Fund, um fundo dedicado a apoiar novas empresas e iniciativas na área de tecnologia — dos cerca de US$100 bilhões arrecadados, a Apple colaborou com uma excelente quantia de US$1 bilhão. Agora, mais uma iniciativa do tipo está se iniciando.

O SoftBank anunciou hoje [PDF] o lançamento do Vision Fund 2, seu novo fundo para iniciativas tecnológicas — desta vez, focadas no desenvolvimento de técnicas de inteligência artificial. O grupo afirmou já ter angariado cerca de US$108 bilhões para a iniciativa, e várias gigantes tecnológicas estão participando do negócio — Apple inclusa, novamente.

Não está claro ainda o valor que a Maçã contribuiu para o fundo, mas a gigante de Cupertino está muito bem acompanhada na iniciativa: além dela, outras gigantes tecnológicas como a Microsoft e a Foxconn estão entre as signatárias do Vision Fund 2. Temos também diversas companhias japonesas e asiáticas de diversos setores, como a Dai-ichi (de seguros), o banco Sumitomo Mitsui Trust, o Banco Nacional do Cazaquistão e várias outras. O SoftBank em si entrará com US$38 bilhões.

Uma diferença importante do Vision Fund 2 em relação ao seu antecessor é a ausência quase completa de figuras da Arábia Saudita: vários integrantes do governo do país, como o príncipe herdeiro Mohammad bin Salman, contribuíram com o fundo anterior. Todavia, por conta das suspeitas de crimes ligados ao governo, como o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, o SoftBank resolveu cortar laços com o governo saudita nesta edição da iniciativa. Desta forma, evitam-se polêmicas com as empresas ou os grupos de reforço aos direitos humanos.

Segundo o SoftBank, as conversas com as empresas investidoras ainda estão acontecendo e o valor total arrecadado ainda deverá aumentar. Assim que soubermos qual foi exatamente a contribuição da Apple, contaremos aqui.

via TechCrunch

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários