Leilão da Receita Federal terá iPhones 6 a partir de R$300 Tem até Google Glass no meio dos lotes

iPhones em leilão da Receita Federal

Parece que as apreensões de mercadorias tentando entrar no país de forma ilegal estão cada vez mais frequentes: há pouco mais de um mês, falamos de um leilão da Receita Federal que estava oferecendo iPhones XS por lances a partir de R$700, e agora já temos um outro evento do tipo com alguns aparelhos e preços interessantes — para quem tiver disposição em lutar por eles, claro.

Desta vez, os produtos em questão foram apreendidos no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), e fica o lembrete de que a Receita Federal não oferece envio dos equipamentos: caso você ganhe um dos leilões, precisará, necessariamente, comparecer ao aeroporto para retirar o pacote ou contratar um serviço de frete terceirizado.

São 235 lotes de produtos das mais variadas categorias, entre eletrônicos, instrumentos musicais, roupas, peças de informática, acessórios veiculares ou de motocicleta, bijuterias, bolsas, calçados, objetos de arte e o que mais sua imaginação conseguir conjurar. Você pode checar todos os lotes nesse link (alguns só podem receber lances de pessoa jurídica, fique atento) — abaixo, destacamos alguns que trazem smartphones da Apple:

  • Lote 14: dois iPhones 6 (um de 16GB, outro não especificado), um com acessórios e outro sem, por R$300.
  • Lote 70: um iPhone 6 de 16GB, um iPhone 6 de 64GB e um iPhone 6 de 128GB, todos com acessórios, por R$400.
  • Lote 195: um iPhone 6 Plus de 16GB e um capacete de motociclista por R$500.
  • Lote 209: um iPhone 8 Plus de 256GB com acessórios e dois capacetes de motociclista por R$1.200.

Outros lotes com iPhones, com múltiplas unidades e valor mínimo de lance bem mais alto, estão disponíveis somente para pessoa jurídica — basta digitar “iPhone” na busca do sistema e conferir. Também temos vários outros tipos de eletrônicos em lotes para pessoas físicas, como Chromecasts, SSDs externos e até mesmo um Google Glass Explorer Edition (lote 132). Vale lembrar que os produtos não têm garantia e apenas pessoas jurídicas podem revendê-los.

A Receita Federal receberá lances até a próxima terça-feira (30/7), e o pagamento, caso arrematado, é feito à vista ou com um sinal de 20%, com o restante pago em até oito dias. O dinheiro arrecadado é destinado à Previdência Social e ao Fundaf (Fundo de Desenvolvimento e Administração da Arrecadação e Fiscalização).

Lembramos também que, para dar lances, você precisa ter um CPF válido, um cadastro no site da Receita Federal e uma certificação digital. O edital completo do leilão pode ser baixado, em PDF, na página que lista os lotes do evento.

via Olhar Digital

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários