Bateria estufada de iPhone explode durante processo de substituição Incidente expõe os perigos de manusear dispositivos com baterias danificadas

Enquanto alguns acidentes com iGadgets pegando fogo são totalmente inesperados (e definitivamente um erro), outros podem, de certa forma, ser “previstos”, como o caso a seguir.

No Reddit, um usuário compartilhou um vídeo do momento em que ele tentou substituir uma bateria estufada de um iPhone 5s que explode sob seu rosto, nos Estados Unidos.

Nas imagens (abaixo), é possível ver dois funcionários trabalhando com dispositivos diferentes; um deles está mexendo em um iPhone 5s que teve a tela removida devido ao inchaço da bateria, quando esse componente explode sobre a mesa de trabalho, próximo à face dele. Entre as razões para isso ter acontecido, a mais provável é que ele tenha perfurado a bateria defeituosa.

Replacement phone I got exploded in my face the other day. Luckily my work got it on video. from r/Wellthatsucks

Após o susto inicial, outro erro: ele joga o dispositivo no chão e tenta apagar o fogo com o sapato calçado, o que poderia ter causado um acidente ainda maior. Nesses casos, o mais indicado é descartar o dispositivo em um reservatório com areia, que evita a propagação das chamas, e não usar nada que possa pegar fogo para apagá-lo.

Felizmente, nenhum dos dois funcionários se feriu gravemente, mas isso foi por pouco. De acordo com um dos comentários da publicação, as baterias de íons de lítio podem queimar a mais de 500ºC, o que significa que o homem também poderia ter se ferido ao tentar apagar o fogo com o sapato.

O inchaço é um problema que há muito tempo atormenta as bateria de íons de lítio. Basicamente, elas se expandem à medida que os gases se acumulam com os eletrólitos (substâncias químicas as quais permitem que a eletricidade flua entre o cátodo e o ânodo de uma bateria), muitas das vezes causadas pela oxidação do reservatório que guarda esses componentes, que por sua vez é determinada pela sobrecarga da bateria.

Além de iPhones, problemas como esse também já aconteceram com diversos Apple Watches, principalmente os de segunda geração, fazendo com que a Maçã abrisse um programa de substituição dessas baterias.

via Cult of Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários