Apple consegue registro de patente de Face ID para Macs A solicitação do registro foi feita em 2017

Face ID em Macs

O Face ID deu as caras em 2017, com o lançamento do iPhone X. De lá para cá, ele foi implementado também no iPad Pro, porém Macs continuam fora da festa.

Que em algum momento a Apple deverá lançar Macs com Face ID, isso não é novidade — a não ser que a empresa volte a apostar no Touch ID como sistema biométrico para todos os seus produtos e abandone o Face ID; mas, pelo menos por enquanto, vamos deixar essa ideia de lado. Agora, porém, pintou um elemento essencial para que isso se torne realidade.

Conforme informou o 9to5Mac, a Apple conseguiu hoje o registro da patente 10.372.191 (de 2017), a qual descreve um sistema Face ID ainda mais inteligente que o utilizado em iPhones. De acordo com o invento, a câmera do Mac poderá ser utilizada para duas coisas.

A primeira é bastante simples e descreve uma forma de evitar que o computador entre no Modo Repouso (Sleep Mode) quando reconhece que existe alguém na frente da máquina, utilizando-a.

A segunda, com uma descrição para lá de complicada, sugere que o tal Mac dotado de Face ID poderia automaticamente deixar o Modo Repouso e ser desbloqueado assim que o usuário se aproximar dele.

É bem verdade que, na patente, a Apple utiliza o termo genérico “dispositivo de computação” (que poderia descrever um iPhone ou iPad), mas tudo leva a crer que estamos mesmo falando de computadores (até por outras referências, como teclado e mouse, que existem no texto da patente). Além disso, como os Macs são dotados de um recurso chamado Power Nap (de forma resumida, uma série de operações que continuam sendo executadas em segundo plano, mesmo quando computador está em repouso), tudo faz bastante sentido.

A patente em questão parece ampliar as capacidades da Power Nap, passando também a usar a câmera para procurar alguém que se aproxima do computador. Se uma pessoa for detectada, o Mac então ativará a funcionalidade de reconhecimento de rosto para ver se a tal pessoa é o dono da máquina. Se isso acontecer, o Mac sairá do Modo Repouso já devidamente desbloqueado, pronto para o uso.

Como dissemos, parece ser questão de tempo até que o Face ID chegue aos Macs — até mesmo por conta de outros pedidos de patentes feito pela empresa. Se essa funcionalidade avançada será suportada, aí já são outros quinhentos — a Apple conseguir um registro de patente não necessariamente significa que tal tecnologia será implementada. Ainda assim, tal recurso me parece ser algo tecnicamente muito viável de ser aplicado agora, então não vejo motivo para não ser lançado.

Posts relacionados

Comentários