Subsidiária da Apple, FileMaker volta a se chamar Claris O nome dos anos 1980/90 está de volta

FileMaker

Os anos 1980 realmente estão de volta com toda a força: temos o fenômeno “Stranger Things”, as referências abundantes na cultura pop, a repopularização de artistas da época e, agora… a volta do nome Claris.

Caso você não esteja tão por dentro do mundo tecnológico de décadas atrás, Claris era o nome original da FileMaker, subsidiária da Apple responsável por desenvolver softwares como o MacDraw, o MacWrite, o MacPaint e, claro, o próprio FileMaker. A empresa foi criada em 1986, sob a liderança de John Sculley, com a intenção de se tornar eventualmente uma companha independente — planos que foram cancelados logo depois.

Ao longo dos anos 1990, o FileMaker tornou-se o software mais vendido e mais popular da empresa; com isso (e com a Apple perdendo dinheiro a cada trimestre e vendo o gato subir no telhado), foi tomada a decisão de renomear a Claris com o nome do seu produto-símbolo, já que os demais programas da empresa já tinham sido descontinuados. Assim ela permaneceu pelas últimas duas décadas, e agora estamos vendo uma volta às origens.

Mudança de FileMaker para Claris

Para que fique claro, a plataforma FileMaker continuará tendo o nome de sempre, apenas sua desenvolvedora que mudará de nome. E a mudança é justificada: a Claris quer começar a expandir seu portfólio de produtos — coisa que já começou com a aquisição, em março passado, da startup italiana de gerenciamento de apps Stamplay (à época, noticiada como uma compra da própria Apple), que passará a se chamar Claris Connect.

Em março passado, a Claris (ainda FileMaker, à época) ganhou um novo CEO, Brad Freitag. Em declaração recente ao The Verge, o executivo afirmou que vislumbra novas mudanças na companhia para breve, com a intenção de levar novos serviços ao mercado; ele explicou, também, a escolha pelo nome antigo no processo de rebranding, afirmando que a empresa “tem orgulho do seu legado”.

Pois bem, então.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários