Mesmo com queda no preço, vendas do HomePod não decolam Alto-falante inteligente da Apple segue atrás dos modelos mais vendidos nos EUA

O primeiro (e único) alto-falante inteligente da Apple pode não ser um fracasso, mas também não é um sucesso — e as vendas do HomePod ilustram bem isso.

Um novo relatório divulgado pela Consumer Intelligence Research Partners (CIRP) analisou as vendas de alto-falantes inteligentes nos Estados Unidos durante o segundo trimestre deste ano e, mesmo que a Maçã tenha reduzido o valor do HomePod, no início de abril passado, a participação de mercado do dispositivo não aumentou.

Vendas de alto-falantes inteligentes pela CIRP

Os dados da CIRP mostram que a base instalada de alto-falantes inteligentes atingiu 76 milhões de unidades nos EUA — um crescimento de 6 milhões somente no último trimestre. Quem lidera essa legião de dispositivos é o Echo, da Amazon, que obteve participação de 70%; os diferentes modelos do Google Home levaram o segundo lugar, com expressividade de 25%, deixando o HomePod (mais uma vez) com apenas 5% da base instalada total.

Segundo o cofundador da CIRP, Josh Lowitz, a batalha entre os alto-falantes inteligentes de baixo custo foi o que impulsionou as vendas no segundo trimestre deste ano — um mercado que, apesar da redução do preço do HomePod, não compete a ele, uma vez que abrange o nicho de aparelhos de até US$100 (enquanto o HomePod custa US$300).

Fica o questionamento: será que a Apple ainda possui algum plano para chacoalhar as vendas do HomePod?

via 9to5Mac | imagem: Unsplash

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários