Apple registra novos modelos de Macs, iPhones e Watches na Eurásia Poderia um deles ser o futuro MacBook Pro de 16 polegadas?

O fim do ano está chegando e, com ele, uma (provável) cacetada de novos produtos da Apple. Os rumores falam em três novos modelos de iPhones, nova geração do Apple Watch, o mítico MacBook Pro de 16 polegadas, um novo iPad de entrada com tela de 10,2 polegadas… enfim, a lista vai longe — e os registros mais recentes da Maçã na Eurasian Economic Commission (EEC) parecem corroborar as especulações.

Os registros cobrem várias linhas de produtos, incluindo algumas já lançadas: temos, por exemplo, menção ao novo modelo do iPod touch (que foi lançado ontem no Brasil, aliás). Também entraram na lista alguns modelos de iPhones e Apple Watches já existentes, e que fazem parte da relação somente para atualizar o banco de dados do órgão — já que, a partir de breve, eles começarão a ser despachados com o iOS 13 e o watchOS 6, o que precisa ser registrado.

Em meio às caras conhecidas, entretanto, temos alguns códigos inéditos. Há menção, por exemplo, a seis modelos de Macs que nunca tínhamos visto antes: A2141, A2147, A2158, A2179, A2182 e A2251. Considerando os rumores recentes, é bem possível que os códigos refiram-se às diferentes versões do futuro MacBook Pro de 16 polegadas. Também não se pode descartar as especulações sobre uma pequena atualização nos MacBooks Air e Pro de 13 polegadas.

Registros da Apple na Eurásia em agosto de 2019

O Apple Watch, por sua vez, foi registrado com quatro códigos até então inéditos para nós, meros mortais: são eles o A2156, o A2157, o A2092 e o A2093. Tudo indica que estejamos tratando da vindoura “Series 5” do reloginho — talvez em seus novos modelos de titânio e cerâmica, “confirmados” antes da hora em arquivos encontrados no watchOS 6.

Ainda em relação ao relógio, é interessante notar que outros modelos “re-registrados” pela Maçã referem-se às versões Series 3 e 4 do Apple Watch. Ou seja, é possível que a empresa esteja planejando manter as duas gerações anteriores vivas com a chegada dos modelos de 2019 — o que potencialmente criará uma escadinha de preços atraente para os consumidores.

Por fim, vários modelos de iPhones também foram registrados. Nenhum deles chega a ser novidade, entretanto: mesmo aqueles com códigos correspondentes a aparelhos que ainda não conhecemos já tinham sido registrados anteriormente na Eurásia — provavelmente, o reaparecimento se deu para refletir seu sistema operacional, que passou a ser o iOS 13.

Em todo caso, a bola está levantada: veremos muitas novidades da Apple nos próximos meses. Se elas serão boas ou ruins, por outro lado… para isso, teremos de aguardar.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários