iPhones de 2019 deverão vir com carregador USB-C e baterias maiores

No ano passado, rumores espalharam a notícia de que os iPhones viriam com novos carregadores USB-C de 18W, em vez dos tradicionais de 5W/USB-A (que, diga-se, são exatamente os mesmos desde o lançamento iPhone, em 2007).

O rumor não se confirmou; por outro lado, os iPads Pro, sim, ganharam o tal carregador de 18W com porta USB-C. Pouco tempo depois do lançamento, o carregador passou a ser vendido de forma avulsa na Apple Online Store (R$219) — ele é compatível com iPhones e oferece recarga rápida, algo bastante desejado por donos do smartphone.

Pois agora, a ChargerLAB (que tem um histórico questionável envolvendo rumores da Maçã), soltou um tweet informando ser muito provável que o tal carregador USB-C acompanhe, finalmente, os novos iPhones.

https://twitter.com/chargerlab/status/1163796364058193920
😆 O iPhone 11 virá com um carregador USB-C.

A informação teria sido confirmada por um executivo do alto escalão.

Tal afirmação não é bem uma novidade: o Macotakara já havia levantado a possibilidade de os novos iPhones virem com o tal carregador. Ainda assim, não deixa de ser outro veículo “confirmando” algo amplamente necessário e aguardado por usuários Apple — afinal, ninguém merece continuar recarregando aparelhos com baterias em torno de 3.000mAh (caso do XS Max e do XR) com um carregador de 5W.

Baterias maiores

O DigiTimes, por sua vez, resolveu “confirmar”1 diversas informações já aguardadas pelo público, como a manutenção dos tamanhos dos aparelhos (5,8″, 6,1″ e 6,5″), Face ID sem mudanças, notch do mesmo tamanho, aparelhos com até três câmeras e sem 3D Touch.

Contudo, eles afirmaram que os novos aparelhos terão baterias maiores, em torno de 3.200mAh (20% a mais), 3.500mAh (10% a mais) e 3.000mAh (2% a mais) para os sucessores dos iPhones XS, XS Max e XR respectivamente.

Particularmente, acho bem estranho o sucessor do XS (de 5,8″) ter uma bateria maior que o sucessor do XR (de 6,1″). Vale notar, também, que um rumor recente levantou a possibilidade de vermos uma bateria de quase 4.000mAh no sucessor do XS Max.

Dual SIM físico no modelo de 5,8 polegadas (na China)

Para finalizar, o DigiTimes também informou que, na China, o modelo de 5,8″ poderá ganhar a bandeja com espaço para dois chips físico — atualmente apenas o XS Max e o XR contam com tal recurso.

No resto do mundo, os iPhones também oferecem suporte a dois chips, porém, um deles é eletrônico (conhecido como eSIM).

·   •   ·

Esses e outros rumores tem tudo para serem confirmados em um evento especial que a Apple — se seguir o calendário de outros anos passados — realizará no dia 10 de setembro.

via 9to5Mac, MacRumors

Posts relacionados

Comentários