ANAC restringe embarque e despacho de modelos do MacBook Pro de 15″ em voos nacionais Você precisará comprovar que substituiu a bateria dele se quiser ligá-lo em pleno ar

ANAC

Ontem, falamos sobre o início de um movimento de restrição ao embarque e despacho de certos modelos do MacBook Pro de 15 polegadas em voos de várias partes do mundo. Pois não deu outra: o Brasil também já está entre os países adotando as medidas de segurança.

No artigo anterior, já tínhamos trazido a informação de que a GOL estava alertando sobre a restrição em seus embarques e voos, mas hoje o TechTudo conseguiu com a ANAC a confirmação de que a orientação é generalizada. Estritamente falando, os MacBooks Pro de 15 polegadas convocados pelo recall estão proibidos de embarcar em voos nacionais, tanto na mala de mão quanto na bagagem despachada — a não ser, claro, que o usuário comprove que já realizou a troca da bateria da máquina.

Na prática, entretanto, não é bem assim: a própria ANAC afirma que, caso algum dos computadores listados embarque no avião, seu dono será orientado a mantê-lo desligado e sem conectá-lo à energia. O comunicado completo da agência diz o seguinte:

Os equipamentos defeituosos não devem ser transportados como bagagem de mão nem despachados no porão da aeronave, dados os riscos que representam para as operações aéreas. Os passageiros que embarcarem com o dispositivo inapropriadamente serão orientados pelos profissionais das companhias aéreas a manterem o dispositivo desligado e a não recarregarem o aparelho durante o voo. A recomendação é válida até que a fabricante realize a substituição dos modelos defeituosos. As medidas adotadas pela ANAC, que têm por objetivo garantir a segurança das operações aéreas, estão em consonância com as práticas tomadas recentemente pelas autoridades de aviação civil americana, Federal Administration Aviation (FAA), e europeia, European Union Aviation Safety Agency (EASA).

Nós entramos em contato com a GOL e a companhia afirmou estar seguindo as recomendações recentes da ANAC; passageiros que embarquem indevidamente com um dos modelos proibidos serão orientados a desligá-los e mantê-los longe da energia.

O despacho dos MacBooks em questão está proibido — o que não chega a ser uma novidade, já que as companhias aéreas sempre desestimularam usuários a levar equipamentos eletrônicos na bagagem despachada (e quase ninguém com um mínimo de bom senso faz isso).

Atenção passageiros!Por medidas de segurança das operações aéreas, está proibido o embarque de MacBook Pro de 15…

Posted by ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil on Wednesday, August 28, 2019

Só como um lembrete, a restrição vale para modelos do MacBook Pro de 15 polegadas, com tela Retina, vendidos entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017. O recall dos modelos ainda está ativo e você pode conferir, nessa página, se o seu computador faz parte do programa; caso positivo, você poderá realizar a troca da bateria da gratuitamente em qualquer loja ou Centro de Serviço Autorizado Apple.

Como informamos, uma vez feita a troca da bateria, seu MacBook Pro poderá embarcar normalmente (e ser utilizado) em qualquer voo — desde que você prove que já fez a substituição do componente, claro.

Posts relacionados

Comentários