Padrão USB4 é anunciado oficialmente com o melhor dos mundos USB-C e Thunderbolt Mas ainda teremos de aguardar um bocadinho para vermos os primeiros produtos com ele

Novo MacBook Air dourado de lado com suas portas Thunderbolt 3

Já falamos aqui sobre a especificação USB4, que virá para substituir o USB 3.0/3.1 e, com alguma fé, acabar com a salada de frutas incompreensível que se tornou a atual geração do protocolo. Hoje, temos uma boa e uma má notícia.

A boa é que a USB-IF (organização responsável por desenvolver a tecnologia) finalmente anunciou a sua nova versão oficialmente, dando alguma luz sobre seus benefícios. A ruim é que, ainda assim, teremos que aguardar sentados pelos primeiros produtos equipados com ela.

As informações, trazidas pela CNET, são animadoras. De acordo com a USB-IF, o USB4 poderá realizar transferências de dados a até 40Gbps — contanto, claro, que você utilize cabos certificados para esse tipo de operação. Além disso, será possível transmitir energia a até 100W de potência ao mesmo tempo em que se transmitem dados como vídeo 4K ou mesmo 5K.

Se os números acima soam familiares para você, é porque o USB4 tem especificações idênticas às do protocolo Thunderbolt 3, velho conhecido de quem tem Macs lançados de uns anos para cá. E isso é bom: o USB4 efetivamente incorpora o Thunderbolt 3 ao seu catálogo de tecnologias suportadas, o que potencialmente fará com que, eventualmente, tudo se junte sob o mesmo guarda-chuva — justamente o do USB4.

Como a Intel anunciou recentemente que não cobrará mais royalties de empresas que incorporem o protocolo Thunderbolt 3 em seus produtos, a chegada do USB4 é duplamente animadora, já que mais acessórios e produtos equipados com a tecnologia chegarão ao mercado mais rapidamente e em mais locais.

Outro ponto interessante é que o USB4 é retrocompatível com o USB 3.0/3.1/3/2 e o USB 2.0, então você ainda poderá usar seus periféricos antigos normalmente — lembrando que, se eles ainda usarem a antiga conexão USB-A, será necessário usar um adaptador.

Como a especificação só foi oficializada hoje, entretanto, é provável que ainda leve um tempinho até que vejamos os primeiros produtos equipados com USB4 — provavelmente até meados do ano que vem ou coisa do tipo.

No caso específico da Apple, não há informações sobre os planos da empresa, mas é de se esperar que os iPads Pro do futuro adotem o novo protocolo; os Macs também poderão fazê-lo, mas apenas por questão de formalidade, já que a rigor tudo o que o USB4 oferece já está contido neles. Quanto aos iPhones… bom, essa é uma história um pouco mais complicada, como sabemos. Mas quem sabe, não?

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários