Logitech une performance a ergonomia em novos mouse e teclado da linha MX Com a qualidade Logi que conhecemos

Não é difícil entender por que a Logitech, fabricante de periféricos suíça, é uma das maiores empresas no ramo: ela cria produtos pensando justamente na intensidade com que os usuários os utilizam diariamente, atrelando-lhes performance e ergonomia (que nunca são demais).

Seguindo essa filosofia, a empresa lançou nesta semana o mouse MX Master 3 e o teclado MX Keys, dois novos produtos que continuam o legado de sua ilustre linha MX.

MX Master 3

Após o sucesso do MX Master 2S, a Logi aperfeiçoou o que poderia ser melhorado e manteve as características mais bem-quistas pelos usuários no novo mouse MX Master 3, o qual eleva o conceito (já bastante alto) de performance, unindo novas tecnologias.

Uma das principais novidades desta versão está na roda de rolagem, que conta, agora, com um novo sistema eletromagnético chamado“Magspeed” — o qual substitui o mecanismo mecânico, oferecendo mais resistência e um “modo silencioso”. A nova roda também é feita inteiramente de aço inoxidável, o que é ainda mais agradável ao toque do que o revestimento de borracha do modelo anterior.

A fabricante aprimorou o design dos botões localizados na altura do polegar e da roda de rolagem lateral, que também recebeu um acabamento em inox. Além disso, os botões para retroceder/avançar estão agora abaixo da rodinha lateral, facilitando a utilização. Por fim, a Logi alterou a entrada Micro-USB por uma USB-C no novo modelo, aumentando a eficiência de recarga.

Como dissemos, algumas características positivas do MX Master 2S não foram alteradas nesta versão, incluindo o sensor Darkfield de 4.000dpi, o recurso Flow e a bateria recarregável de 500mAh, que pode durar até 70 dias.

O MX Master 3 está disponível na loja online americana da Logitech por US$100 (ainda não há informações de quando ele será vendido na loja brasileira).

MX Keys

Juntamente ao MX Master 3, a Logi apresentou o teclado MX Keys — o sucessor “espiritual” do Craft Keyboard. Diferentemente do modelo apresentado em 2017, que visava profissionais da área de edição, o MX Keys é um teclado completo voltado para o público geral, além de oferecer alguns recursos bem interessantes.

Como no modelo Craft, o MX Keys conta com o recurso de retroiluminação inteligente, o qual faz com que as teclas fiquem acesas quando suas mãos estão próximas ao teclado (sem tocá-lo). Isso é possível graças a um par de sensores, que também identifica a intensidade da luz ambiente para ajustar o brilho do teclado.

Quanto aos componentes principais do teclado alfanumérico (as teclas), a Logi manteve o uso da sua tecnologia patenteada Perfect Stroke, que além de oferecer um design escalonado para os dedos, ameniza o som das teclas. Ademais, assim como no MX Master 3, o MX Keys também conta com o recurso Flow, possibilitando conectar o teclado e alterná-lo com até três computadores.

De acordo com a empresa, os sensores do MX Keys foram atualizados para otimizar a vida útil da bateria do teclado; assim, com a retroiluminação inteligente ativada, a bateria poderá durar até 10 dias — com a retroiluminação desativada, esse tempo pode se estender por até 5 meses.

Como um conjunto para o teclado, a Logi lançou também o novo MX Palm Rest (mostrado na imagem acima), um descanso para as mãos que aprimora a ergonomia na hora de digitar. Enquanto o MX Keys é vendido por US$100, o MX Palm Rest está disponível por US$20.

via The Verge

Posts relacionados

Comentários