Quanto custaria assinar todos os serviços da Apple?

Ontem, no evento especial da Apple, ficamos finalmente sabendo quanto custarão os dois novos serviços anunciados há alguns meses pela empresa: o Apple Arcade e o Apple TV+.

E o valor deles surpreendeu positivamente, tanto lá fora quanto aqui. Ambos o serviço de assinatura de jogos e o de streaming de vídeos custarão US$5 ou R$9,90 mensais, o que é excelente.

Agora que já sabemos esses números, é uma boa apurarmos quanto custaria para alguém no Brasil assinar *todos* os serviços oferecidos hoje pela Apple. Vamos lá?

  • Armazenamento no iCloud: R$3,50 (50GB), R$10,90 (200GB) ou R$34,90 (2TB);
  • Apple Music: R$8,50 (universitário), R$16,90 (individual) ou R$24,90 (familiar);
  • Apple Arcade: R$9,90;
  • Apple TV+: R$9,90.

Um serviço que obviamente está faltando nessa lista é o Apple News+, o qual não chegou ainda ao Brasil. Nos Estados Unidos, ele custa US$10 mensais.

Considerando portanto um assinante mediano, com plano de 200GB no iCloud e Apple Music para a família, estamos falando de uma mensalidade de R$55,60. Só aqui, já dá para imaginarmos um futuro pacotão tipo “Apple Prime” que englobasse isso tudo por, digamos, uns R$44,90 mensais. Bom?

Um post no Reddit, contudo, foi além e incluiu na conta também a mensalidade de um iPhone 11 Pro Max com AppleCare+. A ideia, claro, seria que a Apple “amarrasse” o cliente com um pacotão mensal “eterno” que pagaria não só o seu hardware, como também todos os serviços à sua volta.

Quanto vocês estariam dispostos a pagar por algo assim, considerando um desconto razoável? Algo a se pensar, sem dúvida.

Posts relacionados

Comentários