Talvez um dos recursos mais bacanas introduzidos pela Apple durante a apresentação dos novos iPhones foi o de gravação multicâmera, o qual foi demonstrado com ajuda da nova versão do app FiLMiC Pro e chamou bastante a atenção dos usuários por possibilitar que cada uma das lentes do sistema de câmeras traseira dos iPhones 11, 11 Pro e 11 Pro Max (além da câmera frontal) gravem vídeos simultaneamente.

Tomando como pressuposto apenas a apresentação da semana passada, muitas pessoas acreditaram que o novo recurso fosse estar disponível apenas para os smartphones recém-anunciados, mas a Apple esclareceu a novidade em uma página para desenvolvedores, trazendo uma ótima notícia: iPhones XS, XS Max e XR, além do iPad Pro (3ª geração), também poderão gravar com mais de uma câmera simultaneamente.

Isso acontece porque, mais do que o hardware, a nova forma de gravação é oferecida por um framework do iOS 13 chamado AVCapture, o qual permite que os apps de vídeo utilizem as diversas câmeras dos iPhones ao mesmo tempo.

Com o AVCapture no iOS 13 é possível capturar fotos e vídeos simultaneamente de várias câmeras no iPhone XS, iPhone XS Max, iPhone XR e o mais recente iPad Pro. Também é possível configurar os vários microfones no dispositivo para modelar o som capturado. Aprenda a aproveitar esses recursos poderosos para trazer novos recursos criativos, como Picture-in-Picture (PiP) e áudio espacial nos apps de gravação.

Naturalmente, o recurso não poderá ser aproveitado na sua potencialidade nos iPhones mais antigos, com a Apple impondo algumas restrições à geração passada dos seus aparelhos. Entre essas, os apps de gravação poderão usar apenas certas combinações simultâneas de câmeras nos iPhones XS/XS Max (o XR e o iPad Pro só possuem duas câmeras), de forma que o desenvolvedor deverá optar pelas gravações que serão suportadas pelo seu aplicativo.

Com isso, o iPhone XS poderá gravar (ou tirar fotos) com a câmera traseira grande-angular e a frontal simultaneamente, ou a teleobjetiva e a frontal e, por fim, com a teleobjetiva e a grande-angular. Quanto aos novos modelos, não se sabe quais combinações serão possíveis — se bem que na demonstração do FiLMiC Pro, foi possível acompanhar a gravação de todas as quatro câmeras do iPhone 11 Pro ao mesmo tempo.

Vale destacar que, apesar de ser um recurso oferecido pelo iOS, a novidade não estará disponível pelo app Câmera (nativo); dessa forma, o usuário deverá utilizar algum app de terceiros que forneça suporte a esse modo de gravação.

Captura de imagens

Com a introdução da lente ultra-angular, agora as fotos tiradas com os novos iPhones podem ser salvas com duas versões iguais (porém diferentes): uma com um menor campo de visualização e outra com ainda mais cenário, graças à nova lente.

Assim, os usuários poderão configurar os aparelhos para capturar fotos tanto da lente grande-angular quanto da ultra-angular. O iPhone manterá as duas versões salvas (identificáveis por um novo símbolo “Auto”) e, caso você queira editá-la, será possível alternar entre a foto com mais (ou menos) campo de visualização diretamente pelo app Fotos.

Nova etiqueta de identificação dos iPhones 11 Pro

Assim, ao editar uma foto capturada com os novos iPhones, os usuários poderão visualizar, na ferramenta de recorte, que há mais imagem para além das bordas da versão original. Basta definir um novo recorte (mais amplo) e utilizar a imagem “completa”!

Interface do app Câmera

A interface do app Câmera ganhou algumas novidades nos novos iPhones (não é algo do iOS 13, e sim dos novos iPhones mesmo), entre elas a remoção da opção “Quadrado” no controlador horizontal do app, como destacado por Benjamin Mayo.

Tão feliz que eles finalmente se livraram do estúpido modo Quadrado da roda de controles. Agora, ele está em um novo submenu como modo de recorte quando você desliza para cima, eu acho (veja o triângulo na barra superior).

Ao que tudo indica, para tirar uma foto nesse formato, o usuário deverá acessar um novo submenu a partir de um novo ícone de seta localizado na parte superior da tela, mas certamente ainda veremos como isso funcionará na prática.

via 9to5Mac, Macworld

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários