Novos iPhones têm 4GB de RAM e baterias até 25% maiores Informações foram encontradas em registros da Apple junto a uma agência reguladora chinesa

Desde que os novos iPhones foram lançados, muitos questionam a quantidade de RAM1 que os aparelhos possuem e quais são os ganhos reais nas baterias dos dispositivos. Bem, o MacRumors investigou e encontrou as respostas graças a registros da Apple feitos na agência reguladora chinesa TENAA.

Vale ressaltar que a Maçã registra diversos produtos todos os anos na agência e, obviamente, esse conteúdo não tem motivo nenhum para ser falso — utilizando essa mesmíssima fonte de dados, soubemos tais informações dos iPhones X, XS, XS Max e XR, por exemplo.

Mas vamos, então, ao que interessa. Eis as capacidades das baterias e quantidade de RAM dos novos aparelhos:

ModeloBateria (mAh)RAM
iPhone 113.110mAh4GB
iPhone 11 Pro3.046mAh4GB
iPhone 11 Pro Max3.969mAh4GB

Abaixo, os números dos modelos de 2018, para comparamos:

ModeloBateria (mAh)RAM
iPhone XR2.942mAh3GB
iPhone XS2.658mAh4GB
iPhone XS Max3.174mAh4GB

Ou seja, os ganhos em 2019 em bateria foram de 5,7% no iPhone 11, de 14,5% no iPhone 11 Pro e de incríveis 25%(!) no iPhone 11 Pro Max.

Banco de dados da TENAA com informações sobre o iPhone 11 Pro Max

Ainda que seja um registro em órgão chinês e que, por lá, os iPhones contem com algumas particularidades (como, por exemplo, a utilização de dois chips físicos em vez de um eletrônico), bateria e RAM nunca fizeram parte dos componentes os quais a Apple muda de região para região.

Vale notar que a capacidade da bateria do iPhone 11 Pro Max foi vazada por um empregado da Foxconn em meados de agosto — junto a outras informações certeiras como nomes dos aparelhos, cores do iPhone 11 e mais.

Os 4GB de RAM para toda a linha também 2019 é algo que está consistente com os alguns resultados de benchmarks que surgiram na web nos últimos dias. Muito se discutiu, contudo, sobre a possibilidade de os iPhones 11 Pro e 11 Pro Max terem mais RAM do que o modelo de entrada (6GB, para ser mais exato) — até mesmo por conta de uma possível maior necessidade devido à terceira câmera —, mas tudo indica que essa informação não é correta.

Saberemos mais sobre isso quando os iPhones 11, 11 Pro e 11 Pro Max forem devidamente desmontados pela iFixit, mas os dados acima, como dissemos, têm tudo para serem verdadeiros.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários