Como esperado, iPhones 11 e 11 Pro ainda usam modems LTE da Intel

Quando a Apple finalmente chegou a um acordo em sua briga homérica com a Qualcomm, em meados de abril passado, nós dissemos que muito provavelmente o projeto dos iPhones deste ano já estava fechado e que ainda veríamos modems 4G (LTE) da Intel neles. Dito e feito.

A PCMag.com confirmou por meio de análises próprias que os iPhones 11, 11 Pro e 11 Pro Max de fato ainda são equipados com modems fornecidos pela Intel — os quais, diga-se de passagem, agora são meio que “da própria Apple” (hehe).

Já era possível inclusive chegar a essa conclusão vendo que a “zona” de bandas/frequências de 4G nos modelos deste ano continua mais ou menos a mesma do ano passado. Sabemos que a Qualcomm tem modems com suporte a uma gama maior delas, portanto só aguardando 2020 para vermos se esse cenário vai melhorar para nós.

Por outro lado, ainda falando em 2020, é bem provável que a Apple volte a adotar modems da Qualcomm justamente para viabilizar a inclusão da tecnologia 5G nos iPhones do ano que vem. Sendo assim, pode até ser que a cobertura de bandas/frequências do 4G melhore, mas toda essa novela de compatibilidade aqui e acolá deve começar do zero, de novo, pensando no 5G.

A Apple não revela esses detalhes nas páginas de especificações técnicas dos iPhones, mas a PCMag.com acredita que o modem da Intel utilizado nos aparelhos deste ano é o XMM 7660. Trata-se de um modem de última geração, com suporte a Gigabit LTE e até 20% mais performance que o do ano passado — testes práticos iniciais já apontaram ganhos na casa dos 13%.

Por fim, vale notar que o iPhone 11 mantém uma antena 2×2 MIMO tal como o seu antecessor (XR), enquanto os modelos Pro (sucessores do XS e do XS Max) contam com uma 4×4 MIMO — ou seja, eles teoricamente atingem velocidades superiores na transferência de dados.

via iMore | imagem: JHVEPhoto / Shutterstock.com

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários