Steve Dowling, chefe de comunicações da Apple, deixa a empresa; Phil Schiller ocupará vaga interinamente Mais um executivo importante despede-se de Cupertino

Steve Dowling

A onda de altos executivos deixando a Apple continua. Depois de Angela Ahrendts e Jony Ive, outro nome da cúpula superior de Cupertino — um pouco abaixo na hierarquia dos dois anteriores, é verdade — anunciou a saída da empresa: trata-se de Steve Dowling, vice-presidente de comunicações da Maçã.

Dowling estava na Apple há 16 anos, e passou a década inicial do seu tempo na empresa como chefe da área de relações públicas corporativas. Quando a então vice-presidente de comunicações, Katie Cotton, se aposentou em 2014, Dowling assumiu seu cargo interinamente; alguns meses depois, ele foi efetivado no posto e lá permaneceu até agora.

Não se sabe exatamente o que motivou a saída do executivo: em memorando distribuído internamente e obtido pelo Recode, Dowling simplesmente afirmou que “era hora” de deixar a empresa, sem citar possíveis planos futuros ou novos empregadores e afirmando somente que pretende descansar pelos próximos tempos.

O profissional permanecerá na Apple até o mês que vem, ajudando a realizar a transição para a nova chefia, que, interinamente, será ocupada por Phil Schiller, vice-presidente sênior de marketing global da Maçã — sim, é mais um caso de executivos da empresa assumindo uma montanha de responsabilidades sob o mesmo guarda-chuva, mas esperamos que a situação seja temporária.

Leiam abaixo a íntegra do memorando distribuído por Dowling:

Depois de 16 anos na Apple, incontáveis keynotes, vários lançamentos e algumas crises de relações públicas, eu decidi que este é o momento certo para deixar a nossa notável empresa. Isso é algo que eu tenho considerado há algum tempo, e se tornou uma ideia concreta durante o mais recente — e para mim, último — ciclo de lançamentos. Nossos planos estão feitos e a equipe está executando-os brilhantemente, como sempre. Então, chegou a hora.

Phil gerenciará a equipe interinamente a partir de hoje, e eu estarei disponível até o fim de outubro para ajudar na transição. Depois disso, planejo tirar boas e longas férias antes de tentar algo novo. Em casa, eu tenho em Petra uma esposa paciente e apoiadora, além de duas lindas crianças desabrochando para os anos de juventude. Estou animado para criar mais memórias com os três enquanto posso.

Minha lealdade à Apple e seu pessoal não tem fronteiras. Trabalhar com Tim e sua equipe, conquistando tudo o que conquistamos juntos, tem sido a melhor parte da minha carreira. Eu quero agradecer todos vocês pelo trabalho duro, pela paciência e pela amizade. E desejo a todos o maior sucesso.

Eu sempre sangrarei em seis cores.

Dowling

A Apple, em comunicado próprio, agradeceu os serviços de Dowling e notou alguns dos momentos mais significativos da sua carreira na empresa, ajudando-a a guiar lançamentos como os do iPhone, da App Store, do Apple Watch e dos AirPods. Pois que ele seja feliz em sua nova jornada!

Austin Daboh

A semana teve também outras ocorrências de idas e vindas em Cupertino. A chegada da vez é a de Austin Daboh, executivo britânico da área da música que passou os últimos anos no Spotify e, antes disso, trabalhou na rádio BBC One, de Londres. Seu destino, claro, é o Apple Music — mais especificamente, a cadeira de chefe editorial do Reino Unido e da Irlanda.

A ascensão de Daboh no mundo do streaming foi rápida: ele chegou ao Spotify em 2016 como editor sênior e foi promovido no ano passado por conta de suas “relações invejáveis com artistas influentes, agentes e gravadoras”. Na plataforma sueca, ele lançou a bem-sucedida playlist “Who We Be”, de hip hop e R&B, além de coordenar a organização de outras listas, como a “Hot Hits UK”.

No Apple Music, Daboh será encarregado de promover artistas britânicos e irlandeses em ascensão; ele trabalhará na sede londrina do serviço e será subordinado de George Ergatoudis, chefão da sucursal inglesa do Apple Music — que também é egresso do Spotify.

Danielle De Palma

Por fim, a executiva Danielle De Palma deixou a Apple depois de um período bem curto na empresa — ela desembarcou em Cupertino em abril deste ano. As informações são do Deadline.

Danielle DePalma, chefe de marketing do Apple TV+

Profissional da área de marketing de filmes e séries, De Palma estava envolvida na parte de comunicação do Apple TV+, mas foi recentemente contratada pela Paramount Pictures para o cargo de vice-presidente de marketing doméstico; com isso, ela ajudará a desenvolver a estratégia de marketing para novos lançamentos — mais ou menos o que fazia na Maçã.

Com um currículo que inclui a Apple e a Lionsgate, pode-se dizer que De Palma tem uma carreira bem movimentada — e sua mais nova contratação confirma isso.

via 9to5Mac, Cult of Mac, Apple World Today

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários