Conceito dos "Apple Tags"

A keynote da Apple já passou e, como comentamos, não fomos apresentados aos especulados “Apple Tags” — supostamente novos gadgets da Maçã para localizar itens como chaves ou bolsas ao prendê-los a esses acessórios. Contudo, o sonho de um rastreador da Maçã não está morto, conforme divulgado pelo MacRumors.

De acordo com a publicação, uma versão interna do iOS 13 (diferente daquela lançada ontem) sugere algumas mudanças no app Buscar (Find My). Entre as novidades está a introdução da nova aba “Itens”, ao lado das já existentes “Pessoas” e “Dispositivos”. Mais especificamente, essa nova aba substitui a opção “Eu”, a qual poderá ser acessada por um novo ícone na tela.

Aba "Itens" no app Buscar

Ao que tudo indica, a aba “Itens” integrará os possíveis gadgets de rastreamento da Apple, os quais tiveram até mesmo seus codinomes internos revelados: B389. Essa “integração”, por assim dizer, será permitida graças ao novo chip “U1” dos iPhones 11, 11 Pro e 11 Pro Max, que também equiparia esses mini rastreadores.

Presumivelmente, os usuários de iPhones receberão uma notificação quando se distanciarem de um desses dispositivos, como os códigos do iOS 13 sugerem. Se necessário, será possível tocar em um botão no app Buscar para que o rastreador emita um som, da mesma forma que iPhones, iPads e Macs.

Caso alguém realmente não encontre um dos seus rastreadores, pode ser possível colocá-lo no “Modo Perdido”, por meio do qual ele se tornará inutilizável por outro usuário — que, por sua vez, receberá uma notificação e poderá visualizar as informações de contato do proprietário no iPhone para contatá-lo.

Outra provável opção bem interessante do recurso deve se chamar “Locais Seguros”, os quais, uma vez configurados, farão com que você seja notificado caso tais rastreadores não estejam em determinados lugares, a exemplo da sua casa. Os usuários também poderão compartilhar o local dos itens com amigos e familiares, de acordo com a compilação interna do iOS 13.

Como já informamos, outro trecho do código interno do iOS 13 também sugere que a Apple poderá usar recursos de AR para ajudar os usuários a encontrar itens perdidos. Assim, aparentemente há referências de “balões” em 3D que indicarão onde determinado dispositivo está: “Ande um pouco e mova seu iPhone para cima e para baixo até que um balão seja exibido.”

Tais rumores não são exatamente novos, e não é porque eles estão nos códigos do iOS 13 que a Apple deverá lançá-los no curto prazo — de qualquer forma, isso indica que a empresa esteve trabalhando em um recurso como esse recentemente. Ainda assim, a esperança é a última que morre — e podemos suspeitar que a companhia anunciará essas novidades em um provável evento especial ainda neste ano.

Posts relacionados

Comentários