iPadOS 13.1 já está entre nós, com nova tela inicial, Split View melhorada, suporte a drives externos e muito mais! [atualizado] Confira todas as novidades e os aparelhos compatíveis

Como vocês provavelmente viram, a Apple liberou agora há pouco o iOS 13.1 para iPhones/iPods touch com várias novidades e correções de bugs. Junto a ele, acaba de chegar também o iPadOS 13.1 (compilação 17A844, um pouco à frente da da beta 4); essencialmente estamos falando do mesmo sistema, mas com nomes diferentes para que possamos distinguir os recursos e as capacidades dele nos smartphones e tablets.

Provavelmente devido a alguns problemas iniciais, a Apple preferiu não lançar o iPadOS 13.0 — sim, os tablets estão recebendo diretamente essa versão 13.1 hoje.

tratamos das novidades do iOS 13 em geral no post anterior, e o iPadOS 13.1 também desfrutará de muitas delas (exceto, claro, aquelas exclusivas para os iPhones e iPods touch). Aqui abaixo, é claro, trataremos das novidades exclusivas para iPads.

Compatibilidade

Em primeiro lugar, rememoremos os dispositivos que são compatíveis com a atualização:

  • iPad Pro de 12,9 polegadas (3ª geração)
  • iPad Pro de 12,9 polegadas (2ª geração)
  • iPad Pro de 12,9 polegadas (1ª geração)
  • iPad Pro de 11 polegadas
  • iPad Pro de 10,5 polegadas
  • iPad Pro de 9,7 polegadas
  • iPad Air (3ª geração)
  • iPad Air 2
  • iPad (6ª geração)
  • iPad (5ª geração)
  • iPad mini (5ª geração)
  • iPad mini 4

Novidades

Assim como em todos os outros posts de lançamento, fizemos abaixo um apanhado das novidades mais notáveis do iPadOS 13. Caso você queira mergulhar nas minúcias das mudanças, basta navegar na nossa tag relativa ao sistema e conferir nossos posts anteriores sobre ele — com eles, você pode ter uma ideia muito mais ampla do que te aguarda.

Slide Over e Split View

Multitarefa no iPadOS 13 com Slide Over

Os dois recursos de produtividade do iPad ficaram ainda mais poderosos. O Slide Over ganhou multitarefa própria — ou seja, você pode alternar entre apps na janelinha flutuante simplesmente deslizando na parte inferior (ou acessando a tela de multitarefa para escolher o aplicativo desejado).

Screenshot do iPadOS 13

Já a Split View permite, agora, que você abra múltiplas janelas do mesmo aplicativo, abrindo a possibilidade que você edite, por exemplo, duas notas ao mesmo tempo. O recurso pode ser adotado, inclusive, por apps de terceiros.

App Exposé

Screenshot do iPadOS 13

Para facilitar ainda mais a vida dos usuários, é possível tocar em qualquer app no Dock na tela de multitarefa para que o sistema mostre todas as instâncias abertas daquele app — aproximando o iPad ainda mais de um computador “comum”.

Tela inicial

Tela inicial do iPad com Modo Escuro no iPadOS 13

No iPadOS 13, os ícones foram redimensionamos para ocupar menos espaço e dar uma maior densidade de informações à tela inicial (mas você pode reverter essa mudança, se quiser). Além disso, você pode deslizar a primeira página para a direita para acessar seus widgets quando o iPad está em modo paisagem — isto é, na horizontal.

Apple Pencil

Mesmo sem uma mudança de hardware, a Apple conseguiu tornar o Apple Pencil ainda melhor: no iPadOS 13, o periférico ganha uma latência mais baixa e novas ferramentas, como um novo menu de ajustes rápidos que pode ser redimensionado e preso a qualquer canto da tela. Também é possível capturar uma página inteira da web, de um documento ou de um email e fazer marcações nela rapidamente.

Sidecar

Recurso Sidecar do macOS Catalina com tela de MacBook Pro estendida em iPad Pro

Esse é um recurso destinado principalmente ao macOS, mas que tem sua peça-chave aqui: trata-se da ferramenta que estende a ferramenta do Mac no iPad, com integração com o Apple Pencil. Falamos mais sobre ele aqui.

Arquivos e drives externos

Um dos recursos mais pedidos pelos usuários foi atendido pela Apple: o iPadOS 13 permite que você conecte drives externos, como HDDs ou pendrives, e transfira arquivos de/para o sistema. O recurso é mais pensado para os iPads Pro, com suas portas USB-C, mas funciona também nos demais tablets da linha — e também em iPhones, embora a Apple não tenha ressaltado isso na keynote de apresentação do iOS 13.

O recurso é compatível com aplicativos de terceiros, para que você importe seus arquivos diretamente para o lugar que quiser – como um álbum de fotos enviado diretamente para o Lightroom, por exemplo, sem qualquer intermediário.

App Arquivos no iPadOS 13

Acompanhando a novidade, é claro que o app Arquivos também tinha de mudar. E foi exatamente isso que aconteceu: no iPadOS 13, o aplicativo traz prévias e metadados de arquivos diretamente na visualização principal, inclusive com opções de edição rápida sem sair da sua interface. A barra lateral do iCloud Drive agora mostra também servidores externos conectados ao iPad em questão.

Gestos

O sistema traz uma série de gestos pensados para que você trabalhe com texto de forma mais fácil. É possível selecionar um bloco de texto arrastando os dedos sobre ele, arrastar o cursor com múltiplos dedos ou selecionar uma palavra, uma frase ou um parágrafo com dois, três ou quatro toques, respectivamente.

Também há novos gestos para copiar e colar, simplesmente fazendo o gesto de pinça para dentro ou para fora, respectivamente, com três dedos. Você pode ainda desfazer sua última ação com três dedos para a esquerda.

Safari

O navegador do iPad deu mais um passo rumo à “desktopização” e agora mostra os sites exatamente como num computador — nada de versão mobile ou coisa do tipo. Com isso, até mesmo páginas complexas, como a edição de um documento no Google Docs ou de um post no WordPress, são carregadas corretamente e sem erros de compatibilidade.

O novo Safari para iPad também tem um gerenciador de downloads próprio, rapidamente acessível na barra superior do app — você pode tocar em qualquer arquivo para abri-lo ou localizá-lo na pasta Downloads do app Arquivos.

Fontes

Fontes personalizadas no iPadOS 13

Essa é para os designers de plantão: o iPadOS 13 traz suporte a fontes externas, que podem ser baixadas ou compradas na App Store. A Apple já firmou parceria com grandes fornecedoras, como a Adobe, para que você tenha à disposição um catálogo bem amplo de opções.


Agora que você já sabe as novidades do novo sistema e já conferiu se o seu iPad é compatível com ele, basta instalá-lo. Caso você não saiba por onde começar, basta acessar esse nosso tutorial e seguir as instruções.

Aproveitem! 😊 E, claro, não deixem de compartilhar vossas experiências logo abaixo assim que começarem a nova experiência.

Atualização, por Rafael Fischmann 24/09/2019 às 14:53

A Apple publicou há pouco, no YouTube, uma espécie de comercial mostrando “Tudo o que você pode fazer com o iPadOS” — alguns destaques entre as novidades, claro.

Confira:

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários