Na Alemanha, Tim Cook fala em expandir o Apple Card para mais países [atualizado]

Como tradicionalmente faz, Tim Cook resolveu dar umas voltas para visitar alguns desenvolvedores que fazem parte do ecossistema da App Store e empregados da Apple — afinal, conversar com o CEO da Maçã é um estímulo e tanto para essas pessoas, além de ser um belo PR para a empresa.

Desta vez, a viagem de Cook foi para a Alemanha, onde ele conversou com Karim Morsy (da desenvolvedora Algoriddim, criadora do app djay), com uma das equipes responsáveis por melhorar o desempenho das baterias dos iPhones e com o pessoal Blinkist.

De estagiário da Apple a uma história de sucesso como desenvolvedor! É maravilhoso ver como Karim Morsy e a @Algoriddim estão tornando ser DJ algo acessível a todos. Obrigado por essa ótima visita! 🎶 🇩🇪
Entre as muitas coisas em que a nossa equipe do Bavarian Design Center trabalha, estão os chips de silício que melhoram a vida útil da bateria. Agradecemos às nossas equipes aqui em Munique por sua excelente engenharia e atenção aos detalhes. Continuem com o bom trabalho! 🇩🇪
Impressionado com a crescente e talentosa equipe do @Blinkist. Ajudar todos a entender e experimentar alguns dos melhores livros de não-ficção é um ótimo exemplo de como uma única ideia de faculdade pode evoluir para a solução de um problema que todos nós compartilhamos — muito pouco tempo!
Tive uma ótima reunião com os colegas da @Ubisoft e da @Pastagames, dois dos incríveis criadores de jogos para o @AppleArcade na França. Corra, Rayman, corra!

Cook aproveitou que estava em solo alemão — mais especificamente na região da Baviera —, numa época do ano para lá de especial, e deu uma passadinha num evento bastante interessante:

Saúde, daqui da Oktoberfest! É ótimo estar em Munique! 🍺 🎡 🥨

Expansão do Apple Card

Veículos alemães não deixaram passar em branco a presença do CEO de uma das empresas mais importantes do mercado de tecnologia e, é claro, trataram de entrevistar o executivo. Conversando com o Bild, Cook falou um pouco sobre o Apple Card, cartão de crédito da empresa em parceria com o banco americano Goldman Sachs.

Por enquanto, o cartão está disponível apenas nos Estados unidos, mas é claro que a Apple tem o maior interesse em expandi-lo para outros locais — e Cook tratou de deixar isso claro na entrevista, ao afirmar que isso está nos planos da Maçã e que a Alemanha é um provável alvo para um futuro lançamento.

“Queremos oferecer os cartões em todos os lugares”, disse ele ao jornal alemão. “A ideia é tornar o Apple Card tão onipresente quanto o iPhone.” Contudo, ele fez questão de frisar as muitas dificuldades que envolvem o lançamento de um cartão de crédito, com cada país tendo regras e regulamentos diferentes relacionados aos banco.

E no Brasil?

Para começar a operar no Brasil, por exemplo, a Apple precisa de um parceiro (como o Goldman Sachs nos EUA). E como o banco americano não tem operação no Brasil — ao menos não como uma empresa financeira capaz de emitir cartões de crédito —, a empresa teria que se associar a alguma outra instituição.

Bem, quem sabe já exista alguma conversa entre e Maçã e um banco que teve, por algum tempo, exclusividade no Apple Pay… quem sabe. 🤷🏼‍♂️

via MacRumors, AppleInsider

Atualização 01/10/2019 às 09:57

O tour do CEO não para!

Foram semanas movimentadas e emocionantes para a nossa equipe de varejo em todo o mundo! Muito feliz em conhecer nossos clientes e equipes na Apple Kurfürstendamm 🇩🇪 e na Apple Odysseum 🇫🇷

Posts relacionados

Comentários