WhatsApp testa recurso de autodestruição de mensagens

O WhatsApp continua correndo atrás dos seus concorrentes e trabalhando para adicionar mais recursos ao seu mensageiro. Desta vez, a função que poderá (ou não) aparecer em breve é a de autodestruir mensagens, como divulgado hoje pelo blog WABetaInfo.

Publicidade

Como o próprio nome sugere, o recurso visa permitir ao usuário enviar uma mensagem que será apagada automaticamente após um determinado período de tempo. Segundo o blog, atualmente o recurso permite selecionar prazos que variam entre 5 segundos e 1 hora, mas pode ser que até a distribuição da novidade o WhatsApp defina ainda mais opções de tempo.

Opção para autodestruir mensagens no WhatsApp para Android (beta)

Por ora, o recurso é exibido apenas em grupos, mas o WABetaInfo acredita que a opção também estará disponível em conversas privadas. Mais precisamente, o recurso está presente na última versão beta pública (2.19.275) do WhatsApp para Android — isso mesmo: por enquanto, nada de iOS.

Ainda de acordo com o blog, o recurso está em “estágio alfa de desenvolvimento”, o que significa que o WhatsApp está apenas começando a trabalhar nele e não há, ainda, um prazo definido para o lançamento oficial da novidade.

Mais de 1,5 milhão de contas banidas no Brasil

Em uma nota relacionada, o WhatsApp baniu mais de 1,5 milhão de contas no Brasil no último ano suspeitas de disseminação de fake news e discursos de ódio, como informou o UOL. O número não foi revelado diretamente pelo mensageiro, mas foi possível calcular uma estimativa do total de banimentos com base em cinco comunicados oficiais recentes.

Mensalmente, o WhatsApp bane cerca de 125 mil contas no Brasil devido ao uso irregular do serviço, porém, durante o período do segundo turno das eleições presidenciais, no ano passado, esse número chegou a 320 mil. Isso contribuiu para que o Brasil figurasse entre os países com o maior número de banimentos do aplicativo, sendo que 8% dos mais de 22 milhões de bloqueios mundialmente são de contas daqui.

Como o WhatsApp oferece criptografia de ponta a ponta, o serviço não consegue acessar as mensagens trocadas pelo app propriamente dito, logo, os banimentos são realizados com base na atividade dos usuários. Nesse sentido, são usados mecanismo que identificam atividades suspeitas, a exemplo do spam (envio de múltiplas mensagens em um intervalo de tempo pequeno) e a criação de diversos grupos com centenas de participantes em um período também curto.


Ícone do app WhatsApp Messenger

WhatsApp Messenger

de WhatsApp Inc.

Compatível com iPhones
Versão 2.20.100 (139.5 MB)
Requer o iOS 9.0 ou superior

Ícone do app WhatsApp Desktop

WhatsApp Desktop

de WhatsApp Inc.

Compatível com Macs
Versão 2.2037.6 (134.4 MB)
Requer o macOS 10.10.0 ou superior
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…