Amazon: Alexa passa a falar português; dispositivos Echo chegam ao Brasil 2019 é, realmente, o ano que a Amazon resolveu invadir o Brasil com força

Amazon Echo e Alexa falando português do Brasil

Na última semana, falamos aqui sobre a leva de novos produtos da Amazon e sobre como a gigante do varejo tem o objetivo claro de levar sua assistente digital, a Alexa, a literalmente todos os lugares simplesmente colocando-a em todos os dispositivos à sua volta (ou no seu dedo). Só tinha uma questão: até lá, tudo aquilo parecia um tanto distante de nós, já que os aparelhos Echo e a Alexa ainda não estavam disponíveis por aqui. Agora, tudo mudou.

De ontem para hoje, a Amazon iniciou sua invasão brasileira: a empresa anunciou que a Alexa finalmente pode se comunicar em português, além de iniciar as vendas de três dispositivos da linha Echo na loja nacional. Os aparelhos são:

  • O Echo Dot, pequeno alto-falante inteligente, por R$350 (em promoção por R$250 durante a pré-venda, até o dia 7 de outubro);
  • O Echo Show 5, alto-falante inteligente com tela de 5,5 polegadas e câmera frontal, por R$600 (em promoção por R$450 durante a pré-venda, até o dia 7 de outubro);
  • O Echo de terceira geração, alto-falante inteligente padrão da linha, por R$700 (que será lançado numa data posterior, e ainda não tem um valor promocional de pré-venda divulgado).

Os dispositivos, claro, são profundamente conectados e têm todo o seu funcionamento baseado na ação da Alexa. A assistente, entretanto, não “morará” apenas nos aparelhos Echo — ela também pode ser acessada, por exemplo, de smartphones iOS ou Android, através do seu aplicativo oficial.


Ícone do app Amazon Alexa

Amazon Alexa

de AMZN Mobile LLC

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 2.2.304504.0 (240.1 MB)
Requer o iOS 11.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Amazon AlexaScreenshot do app Amazon AlexaScreenshot do app Amazon AlexaScreenshot do app Amazon AlexaScreenshot do app Amazon AlexaScreenshot do app Amazon AlexaScreenshot do app Amazon AlexaScreenshot do app Amazon Alexa

A assistente é capaz de responder perguntas (como “Qual a previsão do tempo hoje?”) e realizar comandos básicos (como “Me acorde às 6h da manhã”), dependendo do dispositivo. Mas o real poder da Alexa está na sua integração profunda com outros aparelhos: você pode conectar eletrônicos e objetos de todos os tipos à assistente e usá-la como uma espécie de mestra da sua casa inteligente.

No lançamento, a Alexa já é capaz de se integrar a alguns dispositivos nacionais, como as lâmpadas inteligentes recém-lançadas pela Positivo e os novos aparelhos da Intelbras. Também é possível conectar a assistente a sistemas de som da JBL e da Bose, além de outros dispositivos da Sony, da LG e da D-Link. O cardápio é amplo, e deverá se expandir rapidamente a partir de agora.

É bom notar, também, que a Amazon não se limitou a fazer uma tradução da Alexa para o português do Brasil. O que temos aqui é um trabalho de localização completo, desde a pronúncia de certos termos no inglês (a assistente nacional fala “fêicebuqui”, como nós falamos) até a compreensão de certos comandos (você pode falar “toca Raul” e ela saberá o que você quer dizer, por exemplo).

As “skills” (nome que a Amazon dá às habilidades da assistente) também foram adaptadas para a nossa querida república. Logo no lançamento, você já pode usar a Alexa para pedir um iFood, verificar o extrato da conta no Itaú ou no Bradesco, checar o status de um voo da LATAM e chamar um Uber. Também é possível conferir as notícias de diversos portais, como UOL, Folha, Estadão, Veja, G1, CBN, Jovem Pan, Infomoney e Valor Econômico. Várias outras habilidades serão adicionadas com o tempo.

Juntando essas novidades ao lançamento recente do Amazon Prime no Brasil, fica claro: 2019 é o ano que a gigante de Jeff Bezos resolveu olhar com carinho para nossas terras. Se a empresa conseguirá por aqui o status de ubiquidade que conquistou nos Estados Unidos e em outros territórios, essa é outra questão — a certeza, por ora, é que será muito interessante acompanhar os próximos capítulos dessa trajetória.

via UOL

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários