Quem acompanha o mundo Apple já sabe que o analista Ming-Chi Kuo, da TF International Securities, tem ótimas fontes na cadeia de fornecimento da Apple — e que, por isso, dá “palpites” certeiros sobre futuros lançamentos da empresa. A bola da vez? Um suposto novo iPhone SE que a Maçã lançará no começo do ano que vem — que seria identificado como iPhone12,8, nas palavras de Guilherme Rambo.

Segundo Kuo, o telefone terá o chassi do iPhone 8 (tela de 4,7 polegadas e Touch ID); internamente, porém, teríamos um chip A13 e 3GB de RAM1 — ou seja, estamos falando de um aparelho com especificações bastante parrudas, que poderia até mesmo contar com Modo Noite e Deep Fusion, como lembrou o designer Ben Geskin.

O analista não deu informações sobre o possível preço — ainda que tenha projetado vendas em 2020 na casa dos 30-40 milhões de unidades —, mas isso não nos impede de olhar para trás e tentar descobrir isso, como fez Benjamin Mayo.

Quando o primeiro iPhone SE foi lançado (modelo de 16GB), ele era vendido por US$400; quando descontinuado, seu preço era de US$350 (modelo de 32GB). Já o iPhone 8 atualmente é vendido por US$450 (modelo de 64GB). Assim, dá para arriscar que esse novo modelo custaria algo em torno de US$350-400.

Ainda de acordo com Kuo, o principal público dessa suposta segunda geração do iPhone SE seriam os donos de iPhones 6 (uma base de 100 milhões de usuários) que não têm tanto interesse em fazer o upgrade para os modelos mais recentes, que contam com a tecnologia Face ID e múltiplas câmeras. E como o iPhone 6 não é compatível com o iOS 13, esse também poderia ser mais um motivo para tal público escolher esse novo modelo — de quebra, usuários teriam acesso a serviços como Apple Arcade e Apple TV+.

Um “iPhone SE 2″ com tamanho do iPhone 8 está aparecendo nas referências do iOS 13 há algum tempo, até onde sei. Desculpe a todos aqueles que querem um telefone de 4”.

Caso a informação se confirme no início do ano que vem, seria a “morte definitiva” dos iPhones com tela de 4″ da Apple — esse tamanho de tela foi utilizado pela empresa nos iPhones 5, 5s, 5c e SE, e era aguardado por alguns nessa segunda geração do modelo Special Edition.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários