Já tem bastante tempo que explicamos aqui no site tudo sobre o eSIM em iPhones, mas foi só na semana passada, durante o MM Tour VIII, que eu tive a oportunidade de realmente testar essa novidade que chegou à geração do ano passado. A Apple, por sinal, prefere chamá-la de Dual SIM.

Meu novo plano de telefonia celular em Portugal (eu agora moro aqui) não inclui roaming nos Estados Unidos (apenas dentro da União Europeia), então a minha opção para ter dados 4G/LTE durante a viagem era comprar um chip de operadora por lá — como fizeram vários viajantes do MM Tour — ou optar por uma opção via eSIM.

Coincidentemente, cerca de dez dias antes de embarcarmos, fui contatado pela empresa Telna — a qual acaba de lançar a sua solução de eSIM KnowRoaming no Brasil. Eles me ofereceram um plano de 5GB para teste durante a viagem e foi o que usei durante os oito dias em que estive no Vale do Silício.

Dois chips na Central de Controle
Observe os dois sinais da AT&T na Central de Controle, somente um deles com dados LTE

Adicionar o plano da KnowRoaming no meu iPhone não poderia ter sido mais fácil. Em Ajustes » Celular » Adicionar Plano Celular, escaneei um código QR e depois segui um rápido assistente que permite a você definir um nome para o plano, escolher se ele é o primário ou o secundário, bem como determinar qual chip deve ser usado para dados celulares.

Coincidentemente, tanto o roaming da minha operadora portuguesa quanto o eSIM da KnowRoaming se conectaram à rede da AT&T nos EUA. E, ao menos na região onde estávamos no Vale do Silício, tive uma experiência bem superior à do resto da galera que estava usando a T-Mobile.

Gerenciando o eSIM no iPhone

Usar esse eSIM foi fantástico por alguns motivos:

  1. Eu ativei o plano ainda em Portugal, na véspera da minha viagem. Ou seja, quando pousei nos EUA, ainda de dentro do avião, já tinha conectividade celular funcionando.
  2. Não precisei sequer tocar no meu chip físico da operadora portuguesa, tudo foi feito digitalmente de forma bastante prática.
  3. Configurei o sistema para usar somente os dados pelo eSIM da KnowRoaming, mantendo meu número principal para ligações, SMS, iMessage, FaceTime, etc.
  4. Quando pousei de volta na Europa, com dois toques removi o eSIM do aparelho sem dificuldade nenhuma.

Não tenho absolutamente nada a me queixar dessa primeira experiência que tive com sistema Dual SIM dos iPhones e acho, inclusive, que esse cenário para viagens de poucos dias é o que se encaixa melhor para a proposta e o funcionamento atual da coisa.

O plano de 5GB da KnowRoaming não é dos mais generosos para quem faz uso intenso do iPhone (como eu), mas se você policiar o seu uso e conectar sempre a redes Wi-Fi quando disponíveis, eles são mais que suficientes. Nos meus oito dias nos EUA, consumi 3,5GB do plano.

A KnowRoaming oferece planos de eSIM em todo o mundo, com preços variáveis. No Brasil, os valores não são nem um pouco atrativos: US$21 para 1GB e US$94(!) para 5GB; já nos EUA, os mesmos planos custam respectivamente US$10 e US$40 (bastante competitivo com os preços locais). Os melhores valores estão na Europa — na maioria dos países, os preços são de US$5 (1GB) e US$23 (5GB). Aí, vale sim bastante a pena!


Nota de transparência: a Telna não pagou por este artigo, apenas nos cedeu um plano de eSIM com 5GB para testes nos Estados Unidos.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários