Ícone da App Store

No que pode ser considerado um dos maiores crescimentos já registrados até agora neste ano, o mercado de apps expandiu-se 24% no terceiro trimestre de 2019, alcançando uma receita de US$21,9 bilhões. As informações, publicadas pela Sensor Tower, têm como base os gastos de usuários com compras internas, assinaturas e apps pagos.

Para se ter uma ideia do crescimento dessa categoria, no ano passado a firma de análise registrou uma receita de US$17,9 bilhões através das duas maiores lojas de apps do mundo (App Store e Google Play) durante o mesmo período.

Receita de apps na App Store e no Google Play

Paradoxalmente (ou não, já que o Android tem muito mais usuários do que o iOS), o Google Play registrou quase 3x mais downloads do que a App Store no último trimestre; mais precisamente, a loja da gigante de Mountain View viu seus downloads subirem 11,3%, para 21,6 bilhões, enquanto a da Maçã registrou quase 8 bilhões de apps baixados.

Número de downloads de apps na App Store e no Google Play

Analisando com mais precisão os números da Sensor Tower, é possível ver que os usuários do iOS continuam gastando mais (US$14,2 bilhões) do que aqueles que usam o Android (US$7,7 bilhões), mas no último trimestre o Google Play viu um aumento no consumo maior do que a App Store — 24% e 22,3%, respectivamente.

Ranking de apps mais baixados e receitas

Mais uma vez, o Facebook emplacou quatro dos cinco apps mais baixados de todos (basicamente a sua linha principal de serviços): o WhatsApp, o Messenger, o próprio app Facebook e o Instagram.

Entre as categorias de apps mais populares (e rentáveis) estão os jogos — ainda que o setor tenha visto uma queda da participação total de 2% na receita neste ano. Assim como na receita geral, os usuários da App Store gastaram mais com games (US$9,8 bilhões, um aumento de 19% em relação ao mesmo período do ano passado).

Receita de jogos na App Store e no Google Play

Nesse cenário, o game PUGB Mobile, da Tencent, liderou o ranking de receita com uma arrecadação de US$496 milhões. Enquanto isso, o app não-jogo mais lucrativo foi o Tinder, que gerou US$233 milhões em receita.

Apesar de um lançamento explosivo, Mario Kart Tour não conseguiu o suficiente para alcançar os 100 maiores jogos em bilheteria; ainda assim, com pouco menos de um mês desde que chegou às lojas de apps, o título acumulou mais de 90 milhões de downloads, alcançando o terceiro lugar nesse ranking.

As estimativas da Sensor Tower são um pouco inferiores àquelas divulgadas pela App Annie, a qual afirmou que durante o terceiro trimestre deste ano as lojas de apps viram uma receita de US$23 bilhões e quase 31 bilhões de downloads.

via TechCrunch

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários