Apple destaca resultados do 1º ano de seu programa para mulheres desenvolvedoras Foram mais de 42 empresas e 100 participantes de 13 países

A Apple celebrou a conclusão do primeiro ano do Entrepreneur Camp, seu programa de imersão para mulheres desenvolvedoras, com a formação da sua última turma deste ano. Àqueles que não se recordam, a iniciativa foi anunciada em novembro de 2018 e tem como objetivo específico atender organizações fundadas e lideradas por mulheres, para ajudá-las tanto a empreender quanto trabalhar para criar aplicativos de ponta.

Durante o curso, a Maçã oferece orientação, inspiração e suporte técnico para todas as participantes, que continuam recebendo apoio após concluírem os laboratórios — se tornando parte de uma “comunidade crescente de ex-alunas excepcionais que podem ajudar a criar e construir negócios”.

Mulheres desenvolvendo apps

Mais precisamente, mulheres líderes de 42 empresas participaram do programa no último ano, o qual ocorre uma vez por trimestre. Entre os cursos oferecidos, as integrantes puderam entender melhor sobre o desenvolvimento de apps, design, aprendizado de máquina e realidade aumentada, além de opcionalmente poderem conhecer mais sobre relações públicas e marketing.

Uma das participantes, Jhanvi Shriram, CEO da Krikey, observou como se sentia apoiada no Entrepreneur Camp da Apple.

Trata-se de potencial versus prova. Muitas vezes, como mulheres, somos solicitadas a constantemente provar nós mesmas e defender nossas realizações, mesmo que tenhamos um doutorado ou MBA1. O Apple Entrepreneur Camp foi realmente um lugar onde fomos apoiadas e vistas pelo nosso potencial.

A diretora sênior de marketing mundial para desenvolvedores da Apple e a patrocinadora executiva da iniciativa, Esther Hare, compartilhou o impacto o primeiro ano do projeto e algumas das produções incentivadas pela companhia.

Estou admirada com a paixão e o impulso de nosso primeiro ano de inovadores do Entrepreneur Camp. Elas estão usando aplicativos para impactar a vida das pessoas e resolver problemas, desde o estabelecimento de conexões para grupos sub-representados em tecnologia até a disponibilização de energia solar e a criação de ferramentas para melhorar a saúde mental.

Programa Apple Entrepreneur Camp

Até agora, o Apple Entrepreneur Camp recebeu 100 participantes de 13 países diferentes, e as inscrições para a próxima turma — a qual se iniciará em 28 de janeiro — já estão abertas. Além do curso, cada desenvolvedora (e suas respectivas empresas) são convidadas a participar da WWDC2 para desenvolver seus apps nas plataformas da Maçã e continuar a criar uma comunidade com os líderes do setor.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários