Apple desenvolverá modems 5G em Bangalore, na Índia 160 engenheiros da Intel serão integrados à Maçã

Depois de muitos meses de especulação, a Apple finalmente concluiu, em julho passado, a aquisição de “grande parte” do negócio de modems para smartphones da Intel. Sabemos que a compra tem a ver com um plano ambicioso da Maçã de desenvolver modems 5G próprios para seus iPhones num futuro próximo, mas não tínhamos informações concretas sobre esse plano — até agora.

De acordo com o Times of India, a Apple está em processo de estabelecer uma equipe de desenvolvimento de modems para smartphones em Bangalore, no sul da Índia. 160 engenheiros, previamente contratados da Intel, estão se juntando à Maçã para a empreitada e terão acesso às mais de 17.000 patentes criadas pela gigante dos chips para o processo.

Bangalore é um dos maiores hubs do planeta no desenvolvimento de chips e modems móveis. O Google já tem um centro de engenharia dedicado a eles na cidade, com mais de 80 engenheiros contratados de empresas como Qualcomm, NVIDIA e a própria Intel. A Apple já tem presença na cidade com uma Aceleradora de Apps (além de várias parceiras da empresa que fazem montagem de peças por lá, também).

Segundo o analista Prakash Sangam, ouvido pela reportagem do Times of India, a criação da equipe de desenvolvimento de modems em Bangalore é uma jogada inteligente por parte da Apple. Os engenheiros, afinal, já são extremamente familiares às práticas e tecnologias da Maçã, uma vez que trabalharam com a empresa quando ainda eram contratados da Intel; com isso, a transição para trabalhar num modem próprio da Apple será quase natural.

Resta saber, agora, quando veremos modems 5G da Maçã equipando iPhones. As previsões atuais dão conta de que o prazo máximo para isso é 2022 (até lá, a Apple deverá usar componentes da Qualcomm), mas teremos de aguardar para ver como esse desenvolvimento se dará, na prática.

via Apple World Today | imagem: Pexels

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários