Apple faz mudanças na classificação etária da App Store no Brasil

Ícone da App Store

Em seu portal para desenvolvedores, a Apple informou hoje algumas mudanças relacionadas à classificação etária da App Store.

A empresa afirmou estar comprometida em “garantir que a loja seja um local seguro para crianças de todo o mundo quando elas forem procurar e baixar aplicativos”. Devido às regulamentações brasileiras, as classificações etárias no nosso país — que são geradas automaticamente pelo App Store Connect — foram ajustadas.

A partir de agora, apps que contenham, num nível raro/moderado, temas maduros ou sugestivos, conteúdo sexual ou nudez serão classificados como 12 anos ou mais; apps que fazem referência rara/moderada ao uso de álcool, ao tabaco ou a drogas serão classificados como 14 anos ou mais; por fim, apps que abordam frequentemente ou de forma intensa temas maduros ou sugestivos, violência realista, conteúdo sexual ou nudez, ou simulação de apostas serão classificados como 18 anos ou mais.

Classificação etária dos apps Apple TV+ e Twitter
Classificação etária dos apps Apple TV+ (L/4+) e Twitter (16/17+).

A classificação etária é exibida na App Store ao lado da própria classificação da Apple — nos exemplos acima, temos as classificações brasileira “livre” e “16 anos”, enquanto que as da Apple (com base na legislação americana) são “4 anos” e “17 anos”.

imagem: Dice

Posts relacionados

Comentários