Valve Index

Os planos de produção do aguardado “Apple Glass” podem ter dado uma boa guinada, caso os rumores divulgados hoje pelo DigiTimes sejam verdadeiros. De acordo com a publicação, a Maçã teria fechado uma parceria com a Valve (criadora da plataforma Steam) para desenvolver o seu famigerado dispositivo de realidade aumentada.

Naturalmente, qualquer previsão sobre o assunto deve ser encarada com certo ceticismo, ainda mais partindo de um veículo como o DigiTimes, o qual tem uma reputação mista em se tratando de rumores; ainda assim, dado o levante das especulações acerca do próximo gadget vestível da Apple, qualquer coisa pode acontecer (e logo).

Em julho passado, o mesmo site informou que a Apple havia “interrompido temporariamente” o desenvolvimento do seu headset de AR1, e que a equipe envolvida nesse processo teria sido transferida para outras áreas. Desde aquela época, entretanto, a Maçã já estava em vias de fechar a parceria com a Valve para que a desenvolvedora colaborasse no desenvolvimento do gadget, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

Para sustentar essa possibilidade, no mês passado o analista Ming-Chi Kuo disse que a Apple estava, de fato, cooperando com “marcas de terceiros” para lançar seu primeiro headset de AR; para ele, é capaz de que os dispositivos entrem em produção ainda neste ano, a tempo de serem lançados no início de 2020.

A Valve possui certa participação na aérea de headsets, uma vez que a empresa lançou, em abril deste ano, o Valve Index — um dispositivo de realidade virtual com suporte aos principais sistemas operacionais, incluindo o macOS. Porém, como sabemos, o dispositivo da Apple seria focado em AR, não em VR2.

A Valve cooperará com a Apple no desenvolvimento de um headset de AR em vez de VR, pois o CEO Tim Cook acredita que a realidade aumentada pode tornar o conteúdo digital parte do mundo do usuário, e que ele será tão popular quanto os smartphones entre os consumidores.

Ainda segundo a publicação do DigiTimes, a Quanta Computer e a Pegatron fabricarão o dispositivo vestível; mais precisamente, a Quanta pode produzir headsets de AR a um custo muito menor, já que ela possui o licenciamento de uma patente de lentes com câmera criada pela Lumus.

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários