Apple faz parceria com Samsung, eBay e Sprint para nova fazenda de energia eólica no Texas A Maçã é a "líder" da iniciativa, por assim dizer

A Apple é uma das empresas mais empenhadas no uso de energia renovável, tanto que conquistou o marco de ter 100% das suas operações rodando em fontes desse tipo em abril do ano passado. Mas com o crescimento da empresa, naturalmente, essas fontes têm de ser ampliadas — e esse é o motivo do anúncio de hoje.

A Apex Clean Energy, empresa de instalações de energia renovável, anunciou que a Apple será a principal investidora na compra de 75 megawatts de energia eólica numa nova fazenda de vento que está sendo instalada no estado do Texas (EUA). As outras empresas envolvidas na parceria são a Samsung, o eBay e a operadora Sprint.

O projeto, batizado de White Mesa Wind, deverá estar totalmente operacional no início de 2021, e gerará um total de 500 megawatts de energia para empresas e consumidores em diversas partes do Texas e dos Estados Unidos. Segundo a Apex, a Apple foi a responsável por convidar as outras empresas para a parceria, tornando-se uma espécie de “líder” da iniciativa.

A vice-presidente de iniciativas políticas, sociais e ambientais da Apple, Lisa Jackson, compartilhou algumas palavras sobre a novidade:

Nós temos muito orgulho por rodar todas as operações da Apple ao redor do mundo com 100% de energia limpa, e por guiar o setor privado no suporte à transição para as energias renováveis. Empresas de todos os tamanhos e com todos os tipos de necessidades energéticas podem ajudar a colocar novas iniciativas de energia limpa no mapa. Esse acordo colaborativo no Texas é um modelo que nós esperamos que outros possam replicar.

Vale notar que essa não é a única iniciativa envolvendo energia limpa atualmente em curso na Apple. A empresa mantém, atualmente, um plano de incentivos para que fornecedoras e parceiras também façam a transição para operações mantidas com energia renovável, e investiu recentemente — junto a dez fornecedoras — em três fazendas de vento na China.

Boas novas, não?

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários