Mais um caso de furto a Apple Stores aconteceu nos Estados Unidos, mais precisamente na cidade de Franklin (Tennessee). Desta vez, no entanto, o alvo dos criminosos não foram iPhones ou Macs, e sim Apple Watches.

De acordo com as imagens de vigilância divulgadas pela FOX 17, é possível ver três indivíduos entrando na Apple CoolSprings Galleria e depois (com certa calma, vale ressaltar) pegando os Apple Watches da mesa de exibição — enquanto havia muitos clientes na loja.

Segundo a polícia, os criminosos levaram 17 relógios, o equivalente a US$9 mil. A ação ocorreu no dia 25 de outubro e até o momento os envolvidos não foram identificados.

Ainda que a Maçã tenha tomado algumas medidas para prevenir ações criminosas em suas lojas nos EUA (como implantar um software especial que basicamente inutiliza os gadgets subtraídos de suas lojas), o modelo das Apple Stores favorece esse tipo de atuação, uma vez que os dispositivos ficam “à disposição” sobre as mesas de exibição — ou seja, não há muito para onde correr, afinal os clientes devem experimentar os aparelhos antes de comprá-los.

Alguma coisa terá que mudar para coibir isso tudo, entretanto.

via Cult of Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários