Concertino é um cliente gratuito para Apple Music focado em música clássica Brasileiro, aberto e perfeito para tirar férias da música pop

Amantes de música clássica certamente já sofreram, em algum momento, com a dedicação absoluta dos serviços de streaming ao sistema de álbuns/faixas/compactos que estamos acostumados no mundo da música popular1. Isso é óbvio: o número de ouvintes de peças clássicas é bem menor, portanto as grandes plataformas não têm interesse em construir seções específicas e adaptadas para esse tipo de conteúdo. O que fazer, então?

Felizmente, assinantes do Apple Music têm agora uma excelente opção: o desenvolvedor brasileiro Adriano Brandão lançou esta semana o Concertino, um web app integrado à plataforma musical da Maçã pensado exatamente para a reprodução, organização, busca e descoberta de música clássica. E o melhor: o cliente é totalmente gratuito, livre e de código aberto!

Concertino, web app para Apple Music focado em música clássica

O funcionamento do Concertino baseia-se na Open Opus, uma API2 para metadados de música clássica também criada por Brandão (e também livre/aberta para desenvolvedores). O cliente combina os dados da API com metadados do próprio Apple Music para classificar as obras de acordo com parâmetros mais apropriados para a organização de peças clássicas — dando mais ênfase, por exemplo, aos compositores e listando todos os músicos e vozes presentes em uma determinada gravação.

Isso torna a vida dos ouvintes, naturalmente, muito mais fácil: é possível buscar obras por composição, gênero, período ou estilo, e a reprodução respeita os múltiplos movimentos de uma determinada composição. É possível criar playlists com trabalhos completos ou somente determinadas seções e movimentos, bem como favoritar compositores e períodos específicos, para acesso rápido.

Além disso, para momentos em que você não sabe bem o que quer ouvir, o Concertino conta com estações de rádio especialmente pensadas para música clássica — nelas, os trabalhos são executados em sua totalidade e você pode escolher suas opções por estilo, período ou compositor.

O Concertino pode ser acessado em qualquer navegador, seja em desktops (macOS, Windows, ChromeOS ou Linux) ou dispositivos móveis (iOS e Android). Mesmo gratuito, é bom lembrar que você precisa de uma assinatura ativa do Apple Music para desfrutá-lo — quem não assina a plataforma musical da Maçã pode explorar o cliente, mas não reproduzir as composições. Vale a pena conferir!

Posts relacionados

Comentários