Todas as empresas da Fortune 500 usam produtos Apple; IBM é exemplo de sucesso A Apple tem feito um ótimo trabalho no mercado corporativo, aparentemente

Fortune 500

Está acontecendo nesta semana, em Minneapolis (Estados Unidos), a edição de 2019 da Jamf Nation User Conference, evento da empresa focada na administração de produtos Apple em empresas e instituições. Por lá, sempre são divulgados números interessantes sobre o uso de dispositivos da Maçã no ambiente corporativo, e na edição mais recente da conferência não foi diferente.

O gerente de marketing de produtos da Maçã, Jeremy Butcher, fez uma apresentação no evento compartilhando um dado interessante: em 2019, 100% das empresas da Fortune 500 utilizam produtos Apple em alguma escala. Além disso, centenas de empresas de médio ou grande porte têm mais de 10.000 dispositivos da Maçã ativos entre a sua força de trabalho.

Butcher divulgou ainda que a Apple já tem mais de 150.000 usuários em 69 países utilizando o Business Manager e o School Manager, ferramentas da empresa para que negócios e instituições educacionais gerenciem os aparelhos da Maçã utilizados em suas operações.

Estudos indicam, ainda, que esses números poderão crescer em breve: segundo pesquisas citadas pelo executivo, 3/4 dos usuários corporativos preferem dispositivos Apple, quando têm essa opção; 59% dos estudantes de ensino superior preferem Macs para auxiliar nos estudos. Os dados referem-se aos EUA, vale notar.

IBM ❤️ Apple

Ainda nesse sentido, quem parece estar totalmente in love com a Apple é, vejam só, a IBM. Em uma apresentação na conferência da Jamf, a ex-arquirrival da Maçã elogiou bastante os Macs e afirmou que, basicamente, empregados que escolhem computadores Apple são mais produtivos e fiéis à empresa.

Apple + IBM

Desde que anunciou (nesse mesmo evento da Jamf) o programa Mac@IBM, em 2015, a gigante da computação expandiu para 290.000 o número de computadores Apple na empresa. Segundo o CIO1 da IBM, Fletcher Previn, empregados que usam Macs excedem expectativas em análises de performance com uma frequência 22% superior em relação àqueles que usam Windows.

Além disso, vendas de altos valores tendem a ser 16% maiores quando feitas por empregados que usam Macs. E os funcionários que escolhem computadores da Maçã, para coroar, têm 17% menos chances de deixarem a empresa e relatam uma melhor experiência com seus softwares.

Por fim, os Macs exigem menos suporte: a IBM mantém uma equipe de 7 engenheiros para cuidar de cerca de 200.000 computadores Apple; por outro lado, são 20 engenheiros para administrar uma quantidade semelhante de PCs.

Nada mau, hein?

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários