Apple News+ estaria enfrentando problemas para conseguir novos assinantes Depois dos 200 mil iniciais, a coisa parece estar quase inerte

Dos três serviços por assinatura lançados pela Maçã em 2019 (Apple News+, Apple Arcade e Apple TV+), a plataforma de notícias é a que tem tido, de longe, a existência mais apagada — o que não chega a ser uma surpresa, considerando que ela só está disponível em três países, contra as centenas de territórios dos outros dois serviços.

Ainda assim, de acordo com a CNBC, parece que a Apple está com um certo problema nas mãos: depois de angariar 200 mil assinantes em 48 horas (uma taxa invejável para qualquer serviço pago online), o Apple News+ não apresentou sinais de crescimento na sua base de usuários desde então. Isso, claro, acende um sinal amarelo em Cupertino.

Citando fontes próximas do assunto, a reportagem afirma que o Apple News+ tem gerado entre US$20-30 mil de receita mensal para a Maçã, um número muito menor do que o originalmente previsto pela empresa. Não se sabe se o lançamento da plataforma no Reino Unido e na Austrália afetou esses números, ou que proporção dos 200 mil assinantes iniciais do serviço permaneceu com a assinatura paga após o mês grátis de testes.

Se o Apple News+ está tropeçando, a versão gratuita e com anúncios do serviço (conhecida apenas como Apple News) tem tido resultados mais animadores para a Maçã: segundo as fontes, a receita proveniente dos anunciantes tem crescido “lenta, mas consistentemente”. Não foram compartilhados números específicos, entretanto.

Resta saber, agora, que estratégia a Apple tomará em relação a isso: uma expansão internacional, assim como uma divulgação intensificada, não soam como más ideias. Também há de se considerar a possibilidade do lançamento do “pacotão de serviços” da Maçã, que reuniria sob uma assinatura única acesso ao News+, ao Apple Music e ao Apple TV+.

Se isso trará algum alento para a plataforma de notícias da Maçã, teremos de aguardar para ver.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários