Brave é um navegador com foco em privacidade que paga para você ver propagandas Disponível no macOS, no iOS e em vários outros sistemas

Navegador Brave

Numa época em que os usuários se preocupam cada vez mais com sua privacidade nos meios digitais, é natural que surjam mais soluções focadas em resolver (ou ao menos minimizar) esses problemas. Pois veja só essa: depois de quase quatro anos(!) de testes, o navegador Brave chegou ontem à versão 1.0 no macOS, no iOS e em vários outros sistemas.

Criado pela empresa homônima fundada por Brendan Eich (ex-CEO da Mozilla), o Brave é um navegador que coloca a privacidade em primeiro lugar, sem dispensar a velocidade e a fluidez de navegação e com várias ideias interessantes de proteção ao usuário. Uma delas? Geração de receita — não só para os fundadores do browser, mas para os seus utilizadores, também.

A principal ideia do Brave é bloquear todos os mecanismos tradicionais de publicidade e rastreamento online; em vez disso, os criadores do navegador inventaram um novo sistema, chamado Brave Rewards, que estimula o emprego de publicidade menos intrusiva e mais amigável para os usuários.

Trata-se de um sistema que sites e usuários precisam optar para participar, e funciona da seguinte forma: ao acessar sites que fazem parte do programa, usuários vão recebendo anúncios — com base no histórico de navegação pessoal — em uma aba separada, que pode ou não ser aberta. Todas as vezes que essa aba é aberta e os anúncios são clicados, os usuários recebem BATs (Basic Attention Tokens, a criptomoeda do programa) e podem ficar com eles ou repassá-los aos sites que quiser apoiar.

Ao juntar uma certa quantidade de BATs, você pode trocá-los por dinheiro real com a Uphold, parceira da Brave na parada, ou por gift cards e vouchers — mas só nos Estados Unidos, por enquanto. O navegador repassa aos usuários 70% do dinheiro pago pelos anunciantes no Brave Rewards, e fica com os 30% restantes. Vale notar que, caso você não queira participar do programa, o browser simplesmente ativará um bloqueador nativo de propagandas e trackers para que você tenha sua navegação mais limpa e segura.

Indo além dessa ideia diferentona, o Brave é um navegador bem capaz. Ele é baseado no Chromium, e suporta inclusive temas e extensões do Google Chrome, ao mesmo tempo em que reduz significativamente o rastreamento feito pela gigante de Mountain View no seu navegador. O Brave conta ainda com dois modos anônimos, um tradicional (como temos nos browsers mais populares) e um baseado no Tor.

E ele não vai parar por aí: nas próximas versões, a equipe de desenvolvimento do navegador planeja adicionar outros recursos importantes, como sincronização multiplataforma de abas e histórico. O Brave tem versões para macOS, iOS, Android, Windows e Linux; você pode baixá-lo no site oficial da desenvolvedora, na App Store ou no Google Play. Vale a pena conferir!


Ícone do app Brave Browser: Fast AdBlocker

Brave Browser: Fast AdBlocker

de Brave Software

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.14 (91.6 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários